terça-feira, 25 de agosto de 2020

ELEIÇÕES 2020: Três vereadores mais votados de 2016 são cotados para repetir sucesso nas urnas este ano


Os três candidatos a vereador mais bem votados em 2016 estão cotados, nos bastidores, para serem não só reeleitos, como também para figurarem, possivelmente, entre os que terão mais votos para o Legislativo de Surubim, na próxima eleição.

Existe a expectativa de que três, das treze cadeiras da Casa Euclides Mota, sigam ocupadas, na próxima legislatura, por Fabrício Brito(Republicanos), Ivete do Sindicato(PT) e Véia de Aprígio(PSB). 

Cada um dos vereadores, apoia uma das candidaturas a prefeito, com mais densidade eleitoral: Respectivamente, Flávio Nóbrega(Republicanos), Tulio Vieira(podemos) e Ana Célia Farias(PSB). Os veteranos são cotados, inclusive, para mais votados das proporcionais. 

De acordo com apuração da nossa reportagem, que conversou "em reserva" com fontes dessas três candidaturas majoritárias.

O empresário e presidente da Câmara, Fabrício Brito(Republicanos), vai disputar o quinto mandato de vereador. Na eleição passada, foi o terceiro mais votado, com 1.548 votos. É cotado para encabeçar a lista dos mais bem votados entre os vereadores que vão apoiar a candidatura a prefeito do médico e ex-prefeito (por duas vezes) Flávio Nóbrega (Republicanos). É credenciado pela geração de mais de 150 empregos com carteira assinada. Reconhecido como político hábil, ampliou as bases de apoio e investiu em estrutura de campanha. "Mais empregos e investimentos no social são e serão sempre o foco do nosso trabalho", postou. 

A vereadora Ivete do Sindicato(PT) chegou à Casa Euclides Mota como a segunda mais votada (2.451). É apontada como a mais votada entre os vereadores que vão subir no palanque de Tulio Vieira(podemos). Sempre atuante no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Surubim, é liderança prestigiada pelas comunidades rurais. No rádio, conversa e presta serviço com informações importantes para os agricultores, no tradicional programa do sindicato. Foi cotada inclusive para majoritária, mas vai para reeleição com o nome na lista dos possíveis mais votados. "Continuaremos lutando com amor e respeito a todos", afirmou nas redes sociais. 

A vereadora Véia de Aprígio saiu das urnas como a mais votada para a Câmara. É cotada novamente para ser a mais votada entre todos os candidatos ao Legislativo local. Tem o trabalho reconhecido em todo município, pela assistência que presta aos moradores de varias localidades, inclusive nas mais afastadas. Socialista tradicional, tem o respaldo das lideranças mais importantes do partido. É cotada para compor a chapa da reeleição da prefeita Ana Célia Farias (PSB), mas deve mesmo concorrer a um novo mandato, dado como certo. "O nosso compromisso de chegar mais perto e atender as demandas da população sempre será nossa prioridade", diz em postagem no Facebook.

"Esses três vereadores, Fabrício Brito, Ivete do Sindicato e Véia de Aprígio, pelo trabalho que fazem e pela estrutura que possuem, tem eleição garantida e cadeira certa na Câmara", avalia uma entrevistada.

"É claro que Véia vai ser a mais votada novamente. Não trocaria a eleição certa para ser vice de Ana Célia. Ivete teve uma boa atuação e tem o apoio do sindicato, que sempre faz um vereador. E Fabrício é um cara bem quisto, gera muitos empregos, tem apoios nas comunidades e estrutura de campanha para garantir reeleição", garante um entrevistado.    

"Embora a Câmara sempre seja renovada, as vezes até em percentuais expressivos, alguns vereadores não vão voltar mesmo. Mas esses três possivelmente devem renovar os mandatos. Isso mostra também que quando o vereador 'faz o dever de casa' as pessoas reconhecem e renovam o voto", lembra outro entrevistado, que também atua nos bastidores da política local.

De acordo com o calendário eleitoral, estabelecido com a pandemia do Covid-19, os partidos devem realizar de 31 de Agosto a 16 de setembro, por meio virtual, as convenções que definem os candidatos a prefeito, vice e os nomes dos que vão disputar as treze vagas da Câmara de Vereadores de Surubim.

Da Redação, Alberico Cassiano.