sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Ex-deputado estadual de Pernambuco Fernando Lupa morre aos 48 anos, em São Paulo



O ex-deputado estadual e ex-vice-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) Fernando Antônio Gomes Pugliesi, conhecido como Fernando Lupa, de 48 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (1º), no Hospital Nove de Julho, em São Paulo.

De acordo com o irmão do ex-deputado, o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6), no Recife, Eduardo Pugliesi, Lupa estava internado para a realização de um procedimento médico contra complicações decorrentes de uma pancreatite aguda.

A família do ex-parlamentar apontou que o corpo de Fernando Lupa deve chegar ao Recife nesta sexta-feira. O velório está marcado para o sábado (2), no plenário da Alepe, na região central da capital pernambucana. O enterro está previsto para o mesmo dia, no Cemitério de Santo Amaro, também na área central.

HISTÓRIA - Lupa começou a carreira política jovem, como oficial de gabinete do governador Miguel Arraes (PSB), assessor parlamentar do então deputado estadual Eduardo Campos (PSB), entre 1991 e 1995, e diretor de Coordenação Política da Secretaria de Governo, de 1995 a 1998.

Fernando Lupa se elegeu deputado estadual em dois pleitos. Em um dos mandatos, presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou o narcotráfico em Pernambuco, no fim dos anos 90 e início dos anos 2000. Ele foi primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do estado entre 2003 e 2006.

Fonte: G1 PE.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

PARABÉNS EM DOSE DUPLA: Dois trabalhos do posto de Saúde do Jenipapo, zona rural de João Alfredo, estão entre os três melhores do estado de Pernambuco


O município de João Alfredo conquistou o segundo e terceiro lugares na II Mostra Pernambucana de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção à Saúde (DANT-PS). O resultado foi apresentado, nesta sexta-feira (24), no auditório do Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), no Recife, com a participação de 95 profissionais de 27 municípios.

Na ocasião, foram apresentadas experiências de 13 municípios (Gloria do Goitá, Igarassu, Jaboatão dos Guararapes, Pombos, Casinhas, Cortês, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa de Itaenga, Nazaré da Mata, Passira, São Benedito do Sul e Timbaúba).

Foram premiados os municípios de Igarassu (1º colocado, com a experiência “Etilismo, agravos causados ao organismo e ao ambiente familiar”), João Alfredo (2º colocado, com “Incentivo à economia solidária” e também João Alfredo (3º colocado, com “Descobrindo os sabores das minhas primeiras frutinhas”).

Os dois trabalhos são desenvolvidos na Unidade Básica de Saúde da Comunidade do Jenipapo, que tem como enfermeira Anajara Marques, que desenvolve os programas.

O objetivo da Mostra de Vigilância de Doenças é motivar os profissionais do SUS dos municípios a compartilharem as experiências bem sucedidas.

A título de premiação, as três experiências mais votadas receberam uma declaração indicativa da colocação alcançada e três livros doados por instituições de ensino: Introdução às técnicas qualitativas de pesquisa aplicadas em saúde, Gestão em saúde pública: contribuições para a política e Atividade Física, Saúde e Qualidade de Vida: conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo.




Fonte: Secretaria Estadual de Saúde.

Raquel Lyra assina contrato para construção de 496 novas unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida em Caruaru



A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, assinou contrato com a Caixa Econômica Federal e com a construtora 2MS que libera a construção de 496 unidades habitacionais do Residencial Radialista Luiz Alberto do programa Minha Casa Minha Vida.

Com o empreendimento, que será construído no bairro Verde, próximo ao Hospital Regional do Agreste, cerca de 1980 pessoas serão beneficiadas. “É um investimento de 39 milhões para a construção e mais de 1 milhão para o trabalho social”, explicou Simone Maia, superintendente da Caixa.

A prefeita comemorou a notícia. “Terminamos o ano de forma muito feliz. Um empreendimento como esse é extremamente importante para a nossa cidade. Aproveitando as novas unidades habitacionais, vamos desmobilizar as pessoas que estão em áreas vulneráveis e vamos dar prioridade a elas nessas moradias”, frisou Raquel.

As unidades habitacionais estão orçadas em R$ 80 mil e terão 43,68 m², sendo divididas em sala, dois quartos, cozinha, área de serviço e WC social, com piso cerâmico em todos os ambientes. As obras estão previstas para começar em 30 dias e têm previsão para conclusão em 180 dias.

MINHA CASA,MINHA VIDA - Só neste ano, em Caruaru, foram entregues aproximadamente 5 mil unidades habitacionais, beneficiando mais de 15 mil pessoas. No Brasil, o programa já beneficiou mais de 13 milhões de pessoas, com a entrega de 3,38 milhões de moradias em todo o país. Já no estado de Pernambuco, foram entregues 108.294 unidades, beneficiando mais de 433 mil pessoas.

Fonte: Assessoria de Imprensa.

Pernambuco atinge a marca inédita de cinco mil homicídios em 2017


Pernambuco alcançou, na madrugada desta quarta-feira (29), a marca de cinco mil homicídios no ano. Esse quantitativo nunca havia sido registrado no Estado desde que crimes do tipo passaram a ser contabilizados no Sistema de Informação de Mortalidade do DataSUS, em 1979.

Na contagem da Secretaria de Defesa Social (SDS), iniciada em 2004, o ano mais violento da história, até agora, havia sido 2006, com 4.638 casos. Considerando que o total mensal de assassinatos tem ficado acima de 400 há quatro meses e que ainda restam os 31 dias de dezembro, 2017 pode terminar com um número ainda mais alarmante de homicídios: quase 5,5 mil.

Os dados oficiais da SDS indicam que, até outubro, houve 4.576 casos. A contagem de novembro só será consolidada no próximo dia 15, como ocorre todos os meses. Contudo, levantamento paralelo feito pela imprensa junto à sede do Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife, e dos postos da instituição em Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, indica que, até a madrugada desta quarta-feira, 426 assassinatos tinham sido contabilizados só neste mês.

Somando o número aos 4.576 casos dos dez meses anteriores, o total do ano chega a 5.002. É provável que essa marca tenha sido atingida até antes, já que os dados do IML não incluem vítimas que saem feridas dos locais de crimes e morrem nos hospitais. Em fevereiro deste ano, a SDS deixou de divulgar, diariamente, as estatísticas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), o que era praticado desde a criação do Pacto pela Vida, em 2007.

RESPOSTA - Em nota, a SDS informou que só comentará o número de homicídios de novembro quando houver a consolidação dos dados, em 15 de dezembro, e destacou ações que tem realizado para diminuir o número de homicídios no Estado.

Fonte: Folha de PE.

Ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, pode ser candidato a governador pela Rede Sustentabilidade, de Marina Silva


A filiação do ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, à Rede Sustentabilidade foi aprovada por unanimidade em reunião do Elo (diretório) estadual, realizada na última quinta-feira. Com isso, não se descarta nos bastidores da legenda que Lóssio possa vir a ser o candidato ao Governo de Pernambuco pela sigla.

A militância da Rede anda cética em relação à possibilidade de o PSB sinalizar apoio à candidatura presidencial de Marina Silva. Já anotaram socialistas fazendo acenos ao governador Geraldo Alckmin, a Lula, a Ciro Gomes, mas não sentem inclinação ao nome da ex-ministra.

Um apoio do PSB ao projeto presidencial de Marina é condição imposta pelos membros da Rede para estar no palanque de Paulo Câmara em 2018.

Então, caso isso não se concretize, um desembarque do secretário de Meio Ambiente, Sérgio Xavier, já está no radar. Como a conferência estadual, que seria dia 25, foi adiada, a decisão sobre a conjuntura local deve esperar o lançamento da candidatura de Marina, marcada para o próximo domingo.

Enquanto isso, a possibilidade concreta de Júlio Lóssio concorrer a governador, encabeçando um palanque para Marina no Estado, vai ser discutida. O nome dele tem boa receptividade. Caso a candidatura de Lóssio seja selada, a ideia é realizar um ato para anunciá-la.

Fonte: Renata Bezerra de Melo, Folha de PE.

Tática das oposições é repetir a fórmula de 2006, que elegeu Eduardo Campos governador


As oposições ao governo Paulo Câmara estão convencidas de que é melhor para todo mundo o lançamento de dois ou três candidatos ao governo estadual para garantir o segundo turno.

Com apenas um nome na jogada, há uma grande probabilidade de o governador reeleger-se no primeiro turno, pois apesar dos múltiplos problemas que o governo atravessa, ele ainda está numa posição confortável: cerca de 20% de avaliação positiva (bom e ótimo) e 35% de avaliação regular.

Daí todos estarem convencidos de que a melhor tática para enfrentá-lo é repetir o cenário de 2006, quando se candidataram Eduardo Campos (PSB) e Humberto Costa (PT) contra o então governador Mendonça Filho (DEM). Este último foi ao segundo turno com o candidato do PSB, que graças ao apoio do petista venceu a eleição por uma maioria confortável.

É o que deverão fazer agora os senadores Armando Monteiro e Fernando Bezerra Coelho, e a vereadora Marília Arraes. O trio ensaia suas candidaturas ao governo estadual e o que for para o segundo turno com Paulo Câmara teria o apoio dos outros dois. Essa tática deu certo em 2006 contra o governo e poderá dar certo novamente em 2018 a favor das oposições.

ASCENSÃO: pesquisa para consumo interno do PT aponta a vereadora Marília Arraes (PT) como candidata competitiva ao governo estadual. Ela aparece em alguns cenários com cerca de 20% de intenções de voto, algo que o Partido dos Trabalhadores jamais imaginou.



Fonte: Inaldo Sampaio, Folha de PE.

Pai acorda e descobre que esposa e filho morreram em acidente


O advogado trabalhista e contador Miguel Arruda da Motta Silveira Filho, de 46 anos, acordou, nesta terça-feira, e recebeu a notícia sobre o trágico acidente envolvendo sua família e a morte da esposa, Maria Emília Guimarães, 39, e do filho, Miguel Neto, de apenas três anos.

Amigos disseram que Miguel Filho, ao saber que Marcelinha sobreviveu, mandou um beijo e avisou que irá cuidar dela.

Desde o capotamento, que aconteceu na noite do domingo, no cruzamento da Avenida Rosa e Silva com a Rua Padre Roma, ele foi mantido sedado pelos médicos. Apesar de devastado emocionalmente, o quadro clínico dele é considerado bom e sem risco de morte. A filha do casal, Marcela Guimarães Motta Silveira, de cinco anos, passa por uma nova cirurgia nesta noite.

"Tiraram a sedação dele, e ele perguntou sobre o que tinha acontecido. Aos pouquinhos, ele vai digerindo essas notícias, mas já sabe do falecimento da esposa e do filho", contou uma familiar.

Miguel estava com a esposa, os dois filhos e a babá Roseane Maria de Brito Souza, 23, grávida de quatro meses, voltando da casa dos pais quando houve o acidente. Um Ford Fusion, de placas NMN-3336, em alta velocidade, atingiu violentamente o carro da família, uma Toyota RAV4, de placas OEZ-4943. A mãe e a babá morreram na hora. As crianças e o advogado foram socorridos.

Miguelzinho chegou ao Hospital Santa Joana com traumatismo craniano grau 4 (o índice de variação é de 0 a 15) e hemorragia no abdômen, que não foi detectada no início do atendimento. Ele foi submetido a transfusões de sangue, mas o volume não subiu. Só então, de acordo com a família, detectaram a hemorragia. Ainda na segunda, o garoto entrou no bloco cirúrgico para conter o sangramento, mas não resistiu.

A irmã Marcelinha foi atendida no Hospital da Restauração e, também na segunda, foi encaminhada ao Hospital Santa Joana. Ela chegou com traumatismo craniano grau 7 e foi submetida a uma cirurgia. Até então, o procedimento no crânio havia sido considerado bem-sucedido. No entanto, na noite desta terça, ela passa por outro procedimento. A previsão é que a nova cirurgia dure cerca de 3h30.

Maria Emília foi sepultada ao lado do filho, na noite dessa segunda, no Cemitério Morada da Paz, Paulista. Roseane foi enterrada no Cemitério Municipal São Francisco de Assis, em Aliança, sua cidade natal. Ela deixou uma filha de dois anos.

Foto: Facebook.
Fonte: Diário de PE / JC online.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Paulo Câmara lidera pra governador, seguido Armando, Mendonça e Marília Arraes


Pesquisa realizada pelo Instituto Múltipla (Arcoverde) com 600 questionários, em 65 dos 184 municípios pernambucanos, entre os dias 21 e 24 deste mês de novembro, revela que o governador Paulo Câmara (PSB) lidera a corrida eleitoral de 2018 com 18,7% das intenções de voto.
Em segundo lugar aparece o senador Armando Monteiro Neto (PTB) com 13,5%, seguido pelo ministro Mendonça Filho (DEM) com 10% e a vereadora Marília Arraes (PT) com 9,6% (empate técnico).

O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) está na quarta colocação com 2,8%, seguido pelo deputado Bruno Araújo (PSDB) com 1,8%. Brancos e nulos somam 30%, indecisos 8,3% e não souberam ou não quiseram responder a pesquisa, 6%.

O instituto fez uma simulação com diversos cenários e na maioria deles o governador Paulo Câmara tem cerca de 30% de intenções de voto. Num cenário sem Armando e sem Mendonça Filho, a vereadora Marília Arraes atinge seu melhor percentual: 19,3%.

Num confronto direto com Paulo Câmara, a neta de Miguel Arraes teria 25% de intenções de voto, ante 32% do governador.

O Múlplica aferiu também o índice de rejeição dos candidatos. O mais rejeitado é o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) com 27%, seguido por Bruno Araújo com 26%, Armando Monteiro com 24%, Paulo Câmara com 20%, Mendonça Filho com 20% e Marília Arraes com 18%.

O instituto perguntou também aos entrevistados se o apoio do ex-presidente Lula aumentaria ou diminuiria o desejo de votar neste candidato: 41% responderam que aumentaria, 34,5% que diminuiria e 22% que dependeria do nome do candidato.

Com relação ao presidente Michel Temer, o apoio dele a um candidato faria com que 88% dos pernambucanos o rejeitasse, ante 4,7% que o abraçaria.


Na pesquisa estimulada para o Senado (com o auxílio de cartão), o 1º colocado é Jarbas Vasconcelos (PMDB) com 20,5%, seguido por Ana Arraes (TCU) com 13%, João Paulo (PT) e Armando Monteiro (PTB) com 11,5%, Mendonça Filho com 10,5%, Humberto Costa (PT) com 9%, José Queiroz (PDT) com 6%, André Ferreira (PR) com 4,8%, Sílvio Costa (Avante) com 4,5%, Bruno Araújo com 4% e Antonio Campos (Podemos) com 3,8%.


Para presidente da República, Lula tem 50% das intenções de voto, ante 8% de Bolsonaro (PSC), 2,6% de Marina Silva (Rede), 2,8% de Luciano Huck (sem partido), 1,8% de Geraldo Alckmin (PSDB) e João Dória (PSDB) e 1,6% de Ciro Gomes (PDT).

Fonte: Blog Inaldo Sampaio - CBN Recife.

ÚNICOS SOBREVIVENTES: Pai e filha terão boletins com estado de saúde divulgados diariamente para evitar boatos. Mãe, filho e babá são enterrados

Miguel Filho, 46, e a filha Marcela, 5, seguem internados. Maria Emília, 38, e o filho Miguel, 3, foram enterrados ontem.  

Únicos sobreviventes de acidente que matou três pessoas na noite deste domingo na Zona Norte do Recife, pai e filha permanecem internados no Hospital Santa Joana, no Recife. Para evitar a proliferação de boatos, a família enlutada pelas mortes da servidora pública Maria Emília Guimarães, de 38 anos e do filho dela, Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de apenas três anos, decidiu a partir desta terça-feira autorizar a divulgação dos boletins diários dos estados de saúde, para evitar boatos sobre o caso.

A paciente Marcela Guimarães da Motta Silveira, de cinco anos de idade, permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica com quadro de traumatismo craniano encefálico TCE grave secundário a acidente automobilístico. De acordo com o boletim, a menina encontra-se em estado grave, instável, em coma; recebendo suporte à vida, ventilação pulmonar mecânica invasiva e sedação contínua.

Já o pai de Marcela, Miguel Arruda da Motta Silveira Filho, de 46 anos, permanece internado no CTI, onde foi admitido com quadro de trauma tóraco-abdominal secundário a acidente automobilístico, sendo submetido a tratamento cirúrgico. O paciente está sedado por necessidade terapêutica, recebendo suporte à vida com ventilação mecânica invasiva, apresentando sinais de estabilidade dos demais sistemas orgânicos nas últimas 24 horas.

"A cirurgia foi delicada durante a tarde e está sob efeito de sedativos. Ele ainda não está sabendo do falecimento da mulher e do filho”, afirmou a porta-voz da família. Segundo ela, Miguel deverá seguir sedado até o fim da semana ou quando os médicos julgarem que ele já está em condições de ser informado sobre a tragédia.


A porta-voz agradeceu toda corrente de orações e apoio emocional. 

Na tarde de ontem, durante o velório das vítimas no Cemitério Morada da Paz, uma porta voz da família falou sobre a situação dos sobreviventes.

“Durante a tarde de ontem, Marcelinha se submeteu a uma cirurgia no crânio. Ela tinha chegado ao hospital com traumatismo craniano grau 7. O procedimento foi bem-sucedido. O pai Miguel Filho também foi submetido a uma cirurgia delicada durante a tarde e está sob efeito de sedativos. Ele ainda não está sabendo do falecimento da mulher e do filho”, afirmou a familiar, que preferiu não se identificar. Segundo ela, Miguel deverá seguir sedado até o fim da semana ou quando os médicos julgarem que ele já está em condições de ser informado sobre a tragédia.

Na ocasião, a porta-voz agradeceu toda corrente de orações e apoio emocional. “Agradecemos as orações, as pessoas que nos ajudaram no socorro, no hospital, no IML. Que todas sejam abençoadas por Deus e sejam privadas de viver o que estamos vivendo”, disse.

Ontem à noite, houve missa na Igreja de Casa Forte, celebrada pelo padre Denis, pela família. Em nota, o Colégio Damas disse estar unido em oração às vítimas e lamentar profundamente as mortes da ex-aluna Maria Emília, do aluno Miguel Neto e de Roseane. “Pedimos a todos os educadores, pais, alunos e amigos que fortaleçam essa corrente pela recuperação de Marcelinha e Miguel Filho, que estão hospitalizados”.



A babá Roseana Maria de Brito Souza era natural de Aliança, na Mata Norte. Ela estava grávida de três meses e deixou uma filha de três anos. "Ela era uma pessoa maravilhosa, trabalhadora, amava muito a filha, fazia de tudo para sua família", disse esta manhã a amiga e comadre da vítima, Priscila Adriana Vital da Silva, de 22 anos. De acordo com Priscila, Roseana trabalhava para a família há mais de um ano. O corpo dela foi sepultado no fim da tarde desta segunda no Cemitério Público São Francisco de Assis, em Aliança.

Fonte: Diário de PE.

Capitão da PM é encontrado morto no Alto do Moura, em Caruaru



Um capitão da PM foi encontrado morto quando saiu para caminhar, no final da tarde desta segunda-feira (27), no Alto do Moura, ponto turístico de Caruaru.

De acordo com nota divulgada pelo do 4º BPM, o militar costumava caminhar no estacionamento do local e foi encontrado sem vida por volta das 20h.

O Samu foi acionado, assim como a PM, e constataram que não havia sinais de violência no corpo do policial, nem tinha sido nada roubado dele.

Confira o texto completo da nota:

É com grande pesar, que chega ao conhecimento desse comando, que na data de hoje 27/11/2017, o Capitão PM Mat. *980028-0 Carlos Roberto da Silva*, saiu para caminhar por volta das 17:00h. O mesmo costumava caminhar no Estacionamento do Alto do Moura. Por volta das 20:00h, foi gerada uma ocorrência informando que o mesmo havia sido encontrado em óbito. O SAMU foi acionado e seguiu para o local, assim como o efetivo policial de serviço. O local exato onde o corpo foi encontrado foi: Lat.-8,2888520; Long. 36,0257970. Não havia sinal de violência e nada foi subtraído do mesmo. O médico do SAMU, Dr. Ricardo Marinho, atestou no local que o mesmo já estava em óbito há algumas horas, a causa da morte ainda não foi estabelecida. Policial dedicado, que não media esforços na boa prestação das atividades policiais militares, servia no 4º BPM, Caruaru. Hoje a Polícia Militar de Pernambuco, chora pela perda inestimável de um excelente amigo e profissional querido por todos que faziam parte de seu convívio. Ainda não há informações sobre o funeral.
Ten Cel PM TIBÉRIO - Comandante do 4º BPM.

Foto: WhatosApp
Da Redação.