segunda-feira, 28 de agosto de 2017

LUZ AMARELA: Tímido desempenho da gestão Ana Célia já preocupa reeleição de deputados surubinenses




Os tímidos resultados da gestão Ana Célia (PSB) na Prefeitura de Surubim já estão preocupando os deputados surubineneses, Danilo Cabral (federal/PSB) e Nilton Mota (estadual/PSB), que pela primeira vez, vão disputar a eleição com o apoio do Município.
Entretanto, como a gestão não está conseguindo implantar ações que tragam visibilidade ao governo da socialista, o sinal de alerta acendeu, uma vez que isso pode dificultar muito a vida dos deputados para pedir voto em casa, no próximo ano.
“A gestão está conseguindo apenas manter os serviços, o Município organizado, mas os resultados ainda são tímidos demais e isso nos traz reflexos sim. Pelo menos, não ajuda tanto na reeleição, nem de Danilo [Cabral] nem de Nilton [Mota]. Mas isso é suavizado pelas ações do governo do estado na região, a exemplo da água e implantação dos Bombeiros, que estão acontecendo e pelo fato dos dois serem deputados presentes”, afirma uma liderança socialista ligada aos deputados.

'NOVIDADE SOCIALISTA': herdeiro de Eduardo Campos pode ser conquistar muitos votos dos socialistas em Surubim

FOGO AMIGO – embora a reeleição de parlamentares, em todo país, tenha se tornado complicada, quer pela credibilidade dos políticos tradicionais em baixa, quer pela tendência dos eleitores votarem em novos nomes até então distantes da política, o maior problema dos deputados surubinenses, em casa, é o fogo amigo.
“Existia uma expectativa muito forte do PSB ganhar a eleição para Prefeitura, na verdade, doze anos de esperanças acumuladas. O grande problema agora é que, justo quando conseguimos alinhar Município e governo do estado, estão sendo dados muitos ‘nãos’ e isso tem magoado pessoas muito próximas. Muita gente ligada a Flávio [Nóbrega/ex-prefeito] ganhou oportunidade, e pessoas que estavam com Ana Célia há doze anos estão colhendo inúmeros nãos. Gente de confiança do governo Tulio [Vieira/ex-prefeito] em cargos importantes e quem caminhou com ela esse tempo todo de fora... então você já escuta muita gente dizendo que simplesmente não vai votar mais “, acrescenta outro importante nome do PSB local.

ALINHADOS: deputados querem mostrar que são atuantes e estão em sintonia com as demandas da Prefeitura


ESTRATÉGIA  antenados aos fatos, os deputados surubinenses estão refazendo as estratégias de atuação e intensificando as agendas na região. A ideia é mostrar que, apesar da crise, a máquina do governo do estado está presente nos municípios.  "Estamos mostrando isso: Que os dois sempre estão trazendo alguma coisa. Danilo [Cabral] e Nilton [Mota] não só estão presentes, como tem serviços prestados. Não teremos nenhum receio em caminhar nas ruas, conversar e de entrar na casa das pessoas”, defende um vereador.
Com dois mandatos de deputado federal, Danilo Cabral, pela primeira vez, de fatos, assumiu a vaga em Brasilia.  Na primeira eleição, em  2010, foi convocado pelo então governador Eduardo Campos para a secretaria das Cidades. Reeleito em 2014, foi para secretaria de Planejamento da gestão Paulo Câmara. Deixou o governo assumiu a cadeira no Congresso Nacional.
AMIGAS: Renata Campos e Ana Arraes foram decisivas no PSB para Ana Célia disputar a Prfeitura
“Danilo Cabral, em meio a essa crise lá de Brasília, tem inclusive votado mais à esquerda, como se fosse até um parlamentares dessa ala do Congresso. Mas localmente, não é suficiente. Em Surubim o eleitor pode achar que não precisa votar nele porque já votou  duas vezes e ele preferiu ser secretario. E se decidir votar no filho do ex-governador Eduardo Campos Renata Campos, por exemplo, afinal Renata Campos e Ana Arraes foram decisivas para Ana Célia ser candidata?", alerta outro partidário.

Em 2010, o então prefeito Flávio Nóbrega(PT) apoiou Maurício Rands(PT/8.836 votos) para federal. Já Danilo Cabral  teve 9.592, com o apoio do estado. Em 2014, voltou a ser majoritário em casa com 12.202 votos, contra 7.248 votos do candidato Mozart Sales)PT), que teve o apoio do então prefeito Tulio Vieira(PT).
Eleito para o primeiro mandato em 2014, Nilton Mota, vai tentar renovar a  cadeira na Assembleia.  Exerce o cargo de secretario de agricultura do estado, e tem intensificado a agenda nos municípios, e mais especificamente na região. 

“Esta semana ele esteve em, durante do dia, em três cidades do sertão, rodou uns mil quilômetros e à noite, estava em Vertentes. Como para estadual o voto é mais pulverizado, tem que trabvalhar ainda mais. Pode ter a concorrência de nomes locais a exemplo do deputado estadual dr.Valdir (PP) que tenta reeleição, e do ex-prefeito Tulio Vieira, que pode disputar pelo PTB" , afirma uma liderança local.
Na eleição para Assembleia de 2014, Nilton Mota foi majoritário em casa, também sem o poio da Prefeitura. O candidato oficial, Ricardo Costa(PTN) teve 3.110 votos, ficando apenas na 4a colocação. Dr. Valdir(PP) teve 3760 e João Lira(PP) conseguiu 3123 votos em Surubim.

FOTOS: Google / Blog Mais Casinhas
Da Redação.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Trânsito de Surubim: os dias 'seguem' assim...caóticos!



Segunda-feira(21), por volta das 17h, os ônibus que transportam universitários estacionam para o embarque dos estudantes, na rua Euclides Mota, esquina com a João Batista. Logo atrás, um caminhão fica impossibilitado de trafegar. Veículos estacionados no lado oposto tornam a rua ainda mais estreita. O resultado, em pouco mais de dois minutos, o trânsito complica e trava, causando engarrafamento até a rua Agamenon Magalhães, uma das principais do Centro da cidade.

A cena, registrada pelo Blog, exibe a rotina estressante dos motoristas de Surubim, que padecem ao dirigir em ruas de trânsito cada dia mais caótico. A mobilidade é uma demanda prioritária do município, e a não intervenção do poder público que tragam melhorias só agrava o problema.

Da Redação.

domingo, 20 de agosto de 2017

SURUBIM: homem assalta dois mercadinhos, troca tiros com a polícia, leva tiro na perna e acaba preso


A Polícia Militar prendeu um elemento acusado de roubar, com um comparsa, dois mercadinhos, no loteamento Baraúnas, bairro do Coqueiro, em Surubim. 

O fato aconteceu neste sábado(19). De acordo com os militares, a dupla utilizou uma moto preta, que havia sido roubada no dia anterior, e já estava com a placa adulterada com fita isolante.

A PM fez buscas nas proximidades e localizou a dupla na estrada do sitio Taépe. Houve troca de tiros, e o garupa da moto Eduardo Moura da Silva, foi alvejado na perna esquerda.



O piloto abandonou a moto e conseguiu fugir. Ferido, "Lagarticha", como é conhecido, acabou capturado e preso.

Foram apreendidos um revólver, aparelhos celulares, um relógio, documentos pessoais e uma quantia em dinheiro, incluindo moedas.


A guarnição da PM foi atingida. Os PMs não foram feridos.

O acusado foi autuado em flagrante. Ele foi socorrido e levado para o hospital da Restauração, no Recife, onde encontra-se sob custódia policial.

Da Redação.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Mulher acusada de vários furtos em Surubim é presa em cidade da PB


Policiais Civis prenderam uma mulher acusada de praticar vários furtos em Surubim:

Fabrícia Lourenço de Araújo, 23 anos, conhecida como Carol, possuía mandado de prisão por furto qualificado.

De acordo com a polícia, ela é acusada de praticar vários furtos na cidade de Surubim, juntamente com o companheiro dela. Os detalhes desses furtos e a situação do companheiro dela não foram divulgados.

A prisão aconteceu na cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, na Paraíba. O trabalho foi realizado por policiais da equipe Malhas da Lei, da delegacia de Surubim, coordenado pela delegada Maria Bethânia Tavares.

A acusada foi levada para o presídio feminino de Buíque, no Sertão.

Foto: WhatsApp / Divulgação Polícia Civil.
Arte: Rafaela Djullia.
Da Redação.

Caminhão capota na PE-90 e tem carga saqueada


Um caminhão teve a carga saqueada após capotar na rodovia PE-90, em Bom Jardim, na tarde desta sexta-feira(18).

O veículo vinha do Recife e estava carregado com margarina e fardos de charque, que seriam entregues em cidades da região.

De acordo com os ajudantes, o motorista perdeu o controle, e o veículo capotou. A pista estava molhada. 

O motorista ficou ferido e foi levado para um hospital local em um veículo particular. O Samu não foi acionado.


Ainda emocionados por terem se livrado praticamente ilesos do acidente, tendo apenas pequenas escoriações, os dois ajudantes assistiram, ainda mais chocados que cidadãos que pararam para ver o acidente, à ação dos saqueadores, que agiam alheios ao acidentados, ainda no local.


Fotos: Luís Germano
Da Redação, com informações do Blog Informes e Negócios / Luís Germano.

Lula vem a Pernambuco e terá agenda cheia de simbolismo

Dando continuidade às atividades de sua caravana pelo Nordeste, o ex-presidente Lula (PT) chega a Pernambuco na próxima quinta-feira (24) para cumprir uma extensa agenda. Além de participar de atos de rua, a programação de Lula inclui visita a museu e ao bairro emblemático de Brasília Teimosa, local que, em 2003, o ex-presidente, então recém-eleito, escolheu para falar para a população dois dos seus principais objetivos no governo: combater a fome e a pobreza.

A agenda de Lula começa na próxima quinta-feira (24), às 16h, com uma visita do ex-presidente ao museu do Cais ao Sertão, no Recife Antigo. O local foi escolhido pelo ex-presidente por contar com um grande acervo sobre a cultura nordestina e ao povo sertanejo. Nascido em Pernambuco, Lula deixou Garanhuns, sua cidade natal, aos sete anos de idade com sua família para tentar uma vida melhor em São Paulo. O museu Cais do Sertão também teve investimento do Governo Federal para sua instalação. 

Na sexta-feira (25) pela manhã, o ex-presidente participa de encontro com trabalhadores em defesa das indústrias petrolífera e naval. À tarde, Lula retorna à capital pernambucana, onde comparece a um grande ato que está sendo organizado pela Frente Brasil Popular pela democracia, pelos direitos e por Lula.

No sábado (26) pela manhã, Lula vai a Brasília Teimosa, onde vai visitar o bairro, conversar com moradores e conhecer pessoalmente projetos sociais que estão sendo organizados pelos moradores da localidade. Foi também o governo Lula, o principal parceiro da Prefeitura do Recife na retirada das palafitas e na revitalização da Orla de Brasília Teimosa.  


PROGRAMAÇÃO:
DIA 24
16h - Visita ao museu Cais do Sertão
 DIA 25
10h - Ato com trabalhadores em defesa das indústrias petrolífera e naval em Ipojuca
16h - Ato pela democracia, pelos direitos e por Lula - Pátio do Carmo - Recife
DIA 26
10h - Visita a Brasília Teimosa

Fotos: Instituto Lula
Fonte: Assessoria de Imprensa.

Faltou trabalho para 26,3 milhões de pessoas no 2º trimestre, diz IBGE

A taxa composta de subutilização da força de trabalho recuou de 24,1% no primeiro trimestre de 2017 para 23,8% no segundo trimestre, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) trimestral, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O resultado equivale a dizer que faltava trabalho para 26,3 milhões de pessoas no País no segundo trimestre. No primeiro trimestre, eram 26,5 milhões nessa condição. Embora tenha recuado o total de desocupados, houve aumento no montante de trabalhadores subocupados.

"A subocupação subiu e a desocupação caiu. Ou seja, o mercado contratou mais pessoas subocupadas", resumiu Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

O indicador inclui a taxa de desocupação, a taxa de subocupação por insuficiência de horas e a taxa da força de trabalho potencial, pessoas que não estão em busca de emprego, mas estariam disponíveis para trabalhar.

No segundo trimestre do ano passado, a taxa de subutilização da força de trabalho estava mais baixa em 20,9%, faltava trabalho para 22,7 milhões de pessoas.

Fonte: Estadão Conteúdo.

Estudantes da rede pública são premiados na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática

CPM - Letícia Cassiano, representante do Colégio da Polícia Militar, com o governador Paulo Câmara




Estudantes, professores, gestores e secretários municipais das escolas públicas de Pernambuco participam da solenidade de premiação regional da 12° Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP, no Teatro Beberibe, Centro de Convenções de Pernambuco. A OBMEP é dirigida às escolas públicas municipais, estaduais e federais com matrícula de estudantes do sexto ao nono ano do ensino fundamental e dos três anos do ensino médio. Também são premiados pela Olimpíada professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacam em virtude do desempenho dos alunos.

Em Pernambuco, 16 estudantes serão agraciados com medalha de ouro (três da rede estadual), 47 receberão medalha de prata (14 da rede estadual) e 114 serão premiados com medalha de bronze (58 da rede estadual). Outros 1.219 estudantes receberão menção honrosa, sendo 769 estudantes da rede estadual. Também serão homenageados 24 professores, 29 escolas e dois municípios do Estado.

PREMIAÇÃO: aluna Letícia Cassiano, governador Paulo Câmara e coronel Alberto Cassiano, comandante do CPM




A competição é um estímulo ao estudo da matemática nas redes públicas da educação básica de todo o país. Para incentivar a participação, produz e distribui material didático, oferece bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento aos educadores, escolas e secretarias. Desde a primeira edição da OBMEP, em 2005, idealizada pelo ex-ministro de Ciência e Tecnologia e ex-governador do Estado Eduardo Campos, os estudantes da rede estadual de educação vêm se destacando. Em 2005 foram 22 medalhistas e esta última edição já somam 75 medalhistas.


Para a 13° edição da OBMEP, as escolas privadas também estão inseridas na competição. Realizada em duas fases, a primeira ocorreu no dia 06 de junho nas próprias escolas. A segunda está marcada para 16 de setembro de 2017, com questões dissertativas, aplicadas em locais definidos pela coordenação da OBMEP e corrigidas por professores indicados pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). No dia 30 de novembro, os resultados serão divulgados na página da Olimpíada na Internet. Os medalhistas terão oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PICOBMEP), que será realizado em 2018. A cada ano, a Olimpíada também prepara 30 medalhistas de ouro para competições internacionais.

COMPETÊNCIA PADRÃO: repórter Mônica Silveira fez cobertura para TV Globo 
A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Fotos: Divulgação / WhatsApp / Zegas Photo
Fonte: Governo de PE.

Celpe registra aumento de 450% no número de clientes que gera a própria energia


A micro e minigeração distribuída vem avançando em Pernambuco. Em dois anos, o número de clientes que gera parte da energia que consome aumentou 450% no Estado. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) contabiliza, atualmente, 270 sistemas de geração ligados e outros 100 estão em andamento. Em 2015, o número de projetos não ultrapassava 47 em todo território pernambucano. Esse tipo de modalidade não compete com a Celpe, uma vez que a concessionária não é remunerada pela venda de energia, mas sim pela disponibilidade do serviço aos clientes.

A predominância é da energia solar. A fonte renovável responde por 99% dos sistemas de micro e minigeração ligados no Estado. Os consumidores residenciais são maioria, totalizam 165 projetos, o que representa 61% do total de sistemas em operação. Os clientes comerciais são 77 e o Poder Público detém 16 plantas. As demais estão distribuídas entre a indústria (7) e clientes rurais (4). Uma é de consumo próprio da Celpe.

As solicitações dos clientes são analisadas pela Celpe, de acordo com as condições de acesso estabelecidas pela Resolução Normativa Nº 482/2012, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para viabilizar a microgeração distribuída, o consumidor deve possuir uma central geradora de energia elétrica com potência instalada de até 75 kW, realidade de 266 clientes. Os outros quatro sistemas são de minigeração, que se caracteriza por ter potência instalada superior a 75 kW até 5.000 kW para qualquer fonte e 3.000 kW para fonte hídrica.

Na micro e na minigeração, a energia pode ser produzida por fontes hidráulica, solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada, conforme regulamentação Aneel, conectada à rede de distribuição por meio de instalações da unidade consumidora. Até o momento, todos os casos em operação no Estado são de geração solar fotovoltaica. As solicitações vão de clientes residenciais a órgãos públicos e instituições privadas.



Na prática, o cliente tem a autogeração conectada ao sistema elétrico da Celpe. A energia gerada poderá ser consumida diretamente na unidade consumidora e havendo excedente será  injetada na rede de distribuição da concessionária e, consequentemente, convertidos em créditos que serão compensados nas faturas subsequentes. Tanto a energia injetada como a consumida pelo cliente serão contabilizadas por um medidor bidirecional instalado pela empresa.

Os clientes interessados em gerar energia elétrica devem apresentar projeto da microgeração em uma loja Celpe ou preencher um formulário por meio do site da concessionária (www.celpe.com.br). Essa solicitação será analisada e, em até 15 dias, será emitido um parecer de acesso com validade de 120 dias, que consiste no procedimento de como operar o sistema interligado à rede da Celpe.  Os passos subsequentes são vistoria,  no qual o cliente deverá solicitar a visita técnica dentro do prazo de validade do parecer de acesso,  e a emissão de relatório da inspeção, nos prazos de 7 e 5  dias, respectivamente. Por fim, a aprovação do ponto de conexão, em até 7 dias. Todos os prazos são estabelecidos e regulados pela Resolução Normativa Nº 482/2012, da Aneel. No site da Celpe, os interessados podem baixar os normativos sobre o assunto.

Fonte: Assessoria de Imprensa.

Nota fiscal avulsa traz segurança jurídica para compradores do Polo de Confecções


Os consumidores que adquirem mercadorias no Polo de Confecções do Agreste já podem emitir a nota fiscal avulsa dos produtos no site da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE). O sistema da instituição já está preparado para fazer a emissão do documento que trará uma segurança jurídica para que os compradores possam transitar com as mercadorias em todo do território nacional.

Atualmente, muitos consumidores de fora do Estado, que são clientes das empresas do Polo de Confecções, não recebem a nota fiscal de algumas delas, sobretudo as de menor porte. Muitas não têm estrutura ou organização administrativa para garantir a emissão do documento. Com isso, para sair com a mercadoria de Pernambuco e transitar livremente com os produtos, os compradores são obrigados a recorrer a empresas “laranjas”, que emitem uma nota fiscal irregular sem que o ICMS devido seja pago.

Essa operação gera uma insegurança fiscal que faz com que muitas mercadorias sejam apreendidas antes de chegarem ao destino final. A possibilidade de ter os produtos perdidos fez com que vários consumidores, sobretudo aqueles que adquirem significativa quantidade de itens para a revenda, deixassem de comprar aos produtores locais e procurassem ambientes de compras em outros Estados.

Para resolver essa situação, o Governo do Estado tomou a iniciativa da emissão da nota fiscal avulsa com a cobrança da alíquota de ICMS de apenas 2% na operação. Essa cobrança tem o objetivo de desestimular a informalidade. “A proposta do Governo de Pernambuco foi elaborada com base em sugestões das próprias empresas do polo, que estavam perdendo clientes. Por ano, calculamos que serão emitidas cerca de 30 mil notas fiscais avulsas”, explica o secretário da Fazenda de Pernambuco, Marcelo Barros. Ele informa que a alíquota de 2% foi decidida em conjunto com os empresários do polo e que a cobrança não visa aumento na arrecadação. “Os nossos principais objetivos são dar segurança fiscal aos compradores e acabar com a atividade dos ‘laranjas’, já que a alíquota cobrada será bem menor do que aquela que eles impõem”, completa. 

Em um segundo momento, as notas fiscais avulsas serão emitidas pelos Espaços da Moda, que vão ser criados para viabilizar a prestação de serviços de diversos órgãos estaduais, reunidos no mesmo ambiente. “Estamos sempre atentos às necessidades do Polo de Confecções do Agreste. As empresas situadas nessa parte do Estado geram emprego e renda para milhares de pernambucanos. É nosso dever auxiliar no desenvolvimento dessa região e, uma forma de fazer isso, é melhorando os aspectos fiscais e tributários para a cadeia produtiva local”, explica o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

MANUAL: Para emitir a nota fiscal avulsa, o contribuinte deve acessar o Portal da Sefaz-PE  www.sefaz.pe.gov.br. Depois, basta clicar no banner que diz “Nota Fiscal Avulsa”, no lado direito da tela inicial. A partir deste ponto, ele terá todas as informações necessárias para fazer a emissão.

Empresários do Polo de Confecções aprovam medida.

Os empresários do Polo de Confecções participaram de todas as etapas de elaboração do projeto. Na última quinta-feira, representantes do setor produtivo da região conferiram uma palestra, realizada na diretoria da Sefaz-PE de Caruaru, para saber como a emissão da Nota Fiscal Avulsa é feita. Na ocasião, eles puderam conferir a simplicidade do sistema, além de fazer sugestões e tirar dúvidas sobre o tema.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Capibaribe, Valdir Oliveira, a iniciativa do Governo do Estado é excelente e vai proporcionar um ganho enorme para os compradores do Polo de Confecções. “Eles terão mais segurança para transportar as mercadorias. Além disso, os pequenos comerciantes não perderão clientes porque não têm estrutura para emitir as notas”, explica.

Já Prudencio Gomes, diretor-presidente do Parque das Feiras de Toritama, informa que participa das reuniões sobre o projeto com a Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) há meses e que a entidade sempre se mostrou receptiva às demandas dos representantes do polo. “A Nota Fiscal Avulsa foi um grande passo. Ela vai ajudar a preservar nossa economia e trará benefícios para toda a cadeia produtiva”, completa.

Fonte:  Governo de PE.


Lula levará esperança ao Brasil com caravana que começa hoje no Nordeste, diz Humberto Costa


Com formato semelhante à histórica “Caravana da Cidadania” feita na década de 90, o ex-presidente Lula inicia, nesta quinta-feira (17), em Salvador, uma nova caravana pelo Nordeste a fim de se aproximar ainda mais do povo da região mais carente do país, que foi beneficiado pelas políticas sociais implementadas nos 13 anos de governos do PT, mas hoje é renegado com o desmonte promovido por Michel Temer (PMDB).

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), que estará ao lado de Lula hoje na Bahia e em grande parte do trajeto de 4 mil quilômetros que serão percorridos pelo ex-presidente em 25 municípios nos nove estados da região, avalia que é hora de levar esperança à população, principalmente diante do caos social que o país mergulhou sob a responsabilidade de Temer.

“Vamos denunciar, com veemência, todo o esfarelamento que acontece hoje em torno das políticas públicas, especialmente as sociais, como a exclusão sumária de mais de um milhão de famílias no Bolsa Família, programa referência para o mundo e que tanto ajuda os nordestinos”, afirmou Humberto.

Segundo ele, Lula vai conversar diretamente com as pessoas e conhecer agora, depois de ter sido presidente, os novos projetos que a região precisa para voltar ao caminho da redução das desigualdades sociais, crescimento econômico e da auto sustentabilidade.

Foto: Ricardo Stuckert
“A viagem vai levar esperança ao povo brasileiro. Lula vai sair renovado com o apoio do povo, com a conversa com as pessoas e aprender muito com realidade atual do Nordeste. Será um aprendizado importante para que se reeleja presidente da República em 2018 e traga ao Brasil a felicidade novamente”, disse o senador.

O parlamentar ressaltou que várias medidas tomadas pelo governo Temer prejudicaram diretamente o povo sertanejo, como o fechamento de unidades do Farmácia Popular, a diminuição do Fies e do Pronatec, a redução do ritmo de execução de obras como a transposição do São Francisco e a Transnodestina, a diminuição do crédito do Minha Casa, Minha Vida e falta de prioridade nos estaleiros Atlântico Sul e Vard Promar, em Pernambuco.

Para o líder da Oposição, os projetos iniciados durante as gestões de Lula e Dilma na região andam, hoje, a passos de tartaruga porque o governo Temer deixa o Nordeste em segundo plano.

“Até a fábrica da Hemobrás eles queriam levar ao Sul. Mas nós vamos resgatar o nosso legado. Fizemos muitas coisas no Nordeste, como a transposição, a ampliação recorde de moradias, o Mais Médicos e a possibilidade de muitas famílias pobres colocar seus filhos na universidade. Vivíamos um tempo em que povo era feliz. Vamos enfatizar tudo nessa viagem”, resumiu Humberto.

Fonte: Assessoria de Imprensa.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

SURUBIM: homem é preso por crimes sexuais praticados em SP


Policiais da delegacia de Surubim  prenderam nesta quinta-feira(17), Hibernon Jose da Silva, 50 anos, que possuía mandado de prisão decretado pela Justiça de São Paulo, expedido pela comarca de Barra Funda, "pela prática de crimes contra a dignidade sexual".

Os detalhes dos crimes não foram divulgados. Ainda de acordo com a polícia, Hibernon José estava trabalhando e morava no Centro de Surubim.

Foto: WhatsApp / Polícia Civil
Arte: Rafaela Djullia.
Da Redação.

 Compesa vai retomar ações do Sistema Pirangí  


A Compesa vai iniciar a recuperação da Estação Elevatória 1 do Sistema Pirangi (sistema de bombeamento) que parou de funcionar desde junho, após as enchentes em Catende.  O anúncio foi feito pelo presidente da Compesa, Roberto Tavares, durante visita hoje (17), aos município de Palmares e Catende, na Mata Sul, acompanhado do diretor de Articulação e Meio Ambiente da companhia, Aldo Santos.

Segundo Tavares, a companhia não podia iniciar os serviços de manutenção devido a necessidade das vistorias por parte do seguro. “Com essa pendência resolvida, vamos agilizar as intervenções para o restabelecimento da operação dessa estação elevatória   e assim ampliar a nossa capacidade de bombeamento para cinco cidades do Agreste: Caruaru, Agrestina, Altinho, Ibirajuba e Cachoeirinha, já beneficiadas pela construção do sistema, um investimento de R$ 60 milhões. As águas do rio Pirangi são transportadas por meio de uma adutora de  27 quilômetros de extensão para se interligar ao Sistema Prata, em Bonito, para distribuição nessas cidades.

O presidente da Compesa também aproveitou para vistoriar as obras de ampliação da capacidade de produção do Sistema Prata-Pirangi, um investimento de R$ 2,6 milhões, autorizado pelo governador Paulo Câmara para ampliar de 600 para 900 litros de água por segundo a vazão desse sistema. “As  ações estão a todo vapor e a nossa expectativa que as cidades atendidas por esse novo sistema recebam significativas melhorias na distribuição de água”, antecipa Tavares.

Ele revelou ainda que  o empreendimento irá permitir que Toritama seja a primeira cidade de Pernambuco a receber água de Pirangi pelos trechos finalizados da Adutora do Agreste, e em seguida,  Santa Cruz do Capibaribe, dois municípios ainda castigados pelos efeitos de sete anos consecutivos de seca no Agreste Setentrional. Até o final do ano, mais  quatro  municípios também  serão beneficiados: Riacho das Almas, Cumaru, Passira e Salgadinho. “Estamos atuando em ritmo acelerado, conforme desejo do governador Paulo, para que as águas do Pirangí alcancem mais pernambucanos já no final de setembro. Essa obra irá garantir a preservação da Barragem do Prata  durante todos os meses do ano”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa Compesa.

domingo, 13 de agosto de 2017

Lula diz que é alvo de perseguição para sociedade 'esquecer que ele existiu'

Condenado a nove anos e seis meses de prisão na Operação Lava-Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer neste sábado que é vítima de perseguição da Justiça. Em clima de campanha antecipada, o petista discursou para sindicalistas da Central Única dos Trabalhadores (CUT), na quadra da escola da samba Império Serrano, no Rio.

Lula repetiu ataques que tem feito às investigações contra ele. O ex-presidente disse que o objetivo dos investigadores é fazer com que a sociedade “esqueça que o Lula existiu”. Na véspera, o petista já havia criticado a Lava-Jato, alegando que a força-tarefa de Curitiba é um “partido político”. Na ocasião, ele participava de um ato político na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que também teve presença da ex-presidente Dilma Rousseff.

Neste sábado, Lula disse aos sindicalistas que é perseguido politicamente. Ele planeja iniciar, nos próximos dias, um périplo por estados do Nordeste para se defender das acusações.

— O que eles querem é criar uma animosidade na sociedade para que a sociedade esqueça que o Lula existiu — declarou o petista, que pegou crianças no colo antes de discursar.

Lula foi condenado à prisão pelo juiz Sergio Moro pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele recorre da sentença no Tribunal Regional Federal (TRF-4). O ex-presidente também réu em outras seis ações penais, quatro delas na Lava-Jato.

Como resposta política às ações, Lula tem dito que se candidatará à Presidência no ano que vem — ele pode ter sua candidatura barrada pela Leia da Ficha Limpa caso a condenação seja confirmada pelo TRF-4.

“FORÇA DAS IDEIAS” - no ato da CUT, Lula afirmou que seus adversários erram ao considerar que ele é insubstituível.

— Eles pensam que o Lula é importante. O Lula é só a peça de uma máquina chamada povo brasileiro. Esse povo já tem consciência. Esse povo não precisa do Lula. O erro deles é achar que o ser humano é insubstituível. O que existe é a força das ideias — discursou.

Exaltando os feitos do seu governo, Lula culpou as elites por persegui-lo politicamente e disse que caso eleito fará a regulação da mídia. O ex-presidente voltou a dizer que não é ladrão e que não há provas para sua condenação à prisão. Ele usou uma lembrança da infância para dizer porque não roubou.

— Quando eu era criança via a molecada mascando chicletes e ficava com vontade de mascar também. Eu trabalhava no bar do meu tio e quando ele ia ao banheiro eu podia roubar um monte de chicletes, mas nunca roubei porque eu não queria envergonhar a minha mãe. Ora, se não queria envergonhar a minha mãe, porque eu ia envergonhar milhões e milhões de brasileiros? — disse.

Fonte: O Globo.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Jovem com quatro mandados de prisão sofre acidente, é socorrido no hospital São Luís e preso pela Polícia Civil


Policiais civis de Surubim e de Vertente do Lério prenderam José Luiz Batista de Lima, 20 anos, conhecido como 'Nego do Salgado', que possuía quatro mandatos de prisão, expedidos pelas comarcas de Surubim, todos por roubo qualificado. De acordo com a polícia, ele também seria suspeito de ter cometido 'alguns homicídios' em Surubim, mas não especificou os casos.


Os policiais receberam a  denúncia de que "Nego" teria dado entrada em uma unidade de saúde, após um acidente.

Após buscas nas fichas dos hospitais, ele foi localizado no São Luís.

Os policiais encontraram a porta do quarto trancada à chave, mas conseguiram entrar deram voz de prisão.

Sob custódia policial, ele foi transferido para o hospital da Restauração, no Recife.

O estado de saúde dele não foi divulgado.


Fotos: WhatsApp / Divulgação Polícia Civil
Arte: Rafaela Dhjullia
Da Redação.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Mobilidade Urbana em Surubim: os dias eram assim... e ainda estão caóticos!


Passados sete meses da gestão Ana Célia Cabral(PSB) na prefeitura de Surubim, não é prematuro dizer que um clima de angústia toma conta dos correligionários da socialista, que não conseguem esconder ânsia de ver a gestão emplacar.

Mesmo que a choradeira dos municípios pela escassez de recursos seja um mantra nacional, algumas demandas locais são mais urgentes do que a morosidade da máquina pública. Algumas ações inclusive, carecem muito mais de determinação política e vontade de fazer, do que propriamente de dinheiro e das liberações de Brasília.

Mobilidade urbana e Comunicação são exemplos. Na terceira gestão petista, inclusive, o então prefeito Túlio Vieira, focaria nessas duas prioridades, como noticiou o Jornal do Commercio.

Os problemas da mobilidade estiveram em pauta na campanha eleitoral pela Prefeitura, e no o programa de governo socialista, prevendo, por exemplo melhorias na acessibilidade, intervenções no transporte alternativo, criação de ciclovias e regulação urbana.

Logo no começo da gestão, ainda em janeiro, o secretario da SDS municipal, esteve na sede do Detran, no Recife, para firmar parceria e melhorar o trânsito de Surubim. Mas na prática, chegou agosto e é um verdadeiro desgosto trafegar nas ruas da cidade e o trânsito está cada vez mais complicado.



Em cidades do porte de Surubim, cujas distâncias são relativamente curtas, estimular o cidadão a se deslocar a pé seria uma ótima iniciativa. Entretanto, é preciso ter a coragem de desobstruir as calçadas e deixa-las livres para pedestres, sobretudo os com necessidades especiais, a exemplo de cadeirantes.

Não basta colocar uma rampa improvisada de madeira, em um evento pontual, e tirar a foto. Acessibilidade é mais. Mas como deixar as calçadas livres poderia desagradar parte do comercio lojista e muitos ambulantes, vai se adiando, não se mexe em nada e as coisas seguem como sempre estiveram. É praticamente impossível se caminhar nas calçadas da cidade.



Já a organização do trânsito passa necessariamente por intervenções no transporte alternativo, mas não se apresenta nenhuma iniciativa para disciplinar o tráfego dos toyotas lotações, muito menos de restringir a circulação deles em determinadas ruas do Centro, se for o caso.

Mas os meses passam e as ações da mobilidade, que também seriam prioridade da gestão socialista, não acontecem e a cidade não anda, literalmente. Asfaltar, claro, é importante. Mas medidas que organizem o trânsito, traga ordenamento urbano, libere as calçadas e demais ações que possibilitem a cidade andar, certamente também irão ajudar muito tirar essa imagem 'de uma gestão muito discreta, apenas' e faça Ana Célia melhorar a caminhada.

COMUNICAÇÃO -  'quem não se comunica, se trumbica', nos ensina o surubinense Chacrinha. O pai da comunicação nunca esteve tão atual, sobretudo para os gestores públicos, nesses tempos de crise e de credibilidade da classe política em baixa.

Firmados como referência de gestores públicos, o ex-prefeito do Recife e ex-governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos, bem como o também ex-governador Eduardo Campos, por exemplo, sabiamente, na 'vibe' do velho guerreiro, sempre investiram pesado em Comunicação e a priorizavam quando o momento era de crise.

Mas ao contrário dos governos do ex-chefe socialista, a gestão Ana Célia deixa muito evidente que não tem qualquer política de Comunicação, nem institucional, nem que cuide da imagem da prefeita enquanto gestora. E precisa. Principalmente porque os municípios estão conseguindo apenas fazer o trivial, e o eleitor exige mais. Logo, se comunicar melhor com as pessoas é urgente.

A comunicação institucional hoje tem como principal peças textos superficiais para mídias sociais e vídeos produzidos para eventos pontuais, mas sem qualquer amarração com um planejamento estratégico de Comunicação, porque simplesmente não existe. Falta foco, direcionamento, visão ampla.

Assim, da mesma forma que precisa tomar atitudes para melhorar a mobilidade urbana e fazer Surubim andar, a prefeita Ana Célia Cabral, precisa estruturar a Comunicação como ferramenta essencial para trazer visibilidade e potencializar a ainda 'tímida' gestão socialista.


Da Redação.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Chuva no Agreste não altera quadro de colapso da Barragem de Jucazinho


A região de influência da Barragem de Jucazinho, localizada no município de Surubim, no Agreste, não recebeu chuvas suficientes para alterar o quadro do maior reservatório para abastecimento humano operado em Pernambuco, que continua seca. A barragem está situada na região que possui o pior balanço hídrico do Brasil e não resistiu à estiagem extrema por sete anos consecutivos, entrando em colapso em setembro do ano passado. Ao contrário de outras barragens do Agreste, Jucazinho ainda não conseguiu se recuperar e atravessa o pior cenário desde a sua inauguração, em 2000. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima - Apac, no estado de Pernambuco ocorre uma má distribuição espacial das chuvas, ou seja, há regiões que há grande concentração pluviométrica e, em outras não chove quase nada.

Ainda de acordo com a Apac, agora em agosto as chuvas começam a ficar mais fracas no Agreste e terão uma duração mais curta, de poucos minutos. "Na região da barragem é esperado que chova em torno de 80 milímetros, mas como este volume de precipitação geralmente não é concentrado, não deve contribuir significativamente para acumular água em Jucazinho. A partir de setembro, o volume de chuvas cai drasticamente, a média mensal histórica de precipitação é em torno de 25 a 30 milímetros de chuvas", explica o meteorologista da Apac, Roberto Carlos Pereira. A última vez que a Barragem de Jucazinho sangrou foi em setembro de 2011. De acordo ainda com a Apac, para reverter essa situação, seria preciso ocorrer fortes chuvas nos municípios da bacia do Rio Capibaribe - como Jataúba, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho e Riacho das Almas - chuvas tão intensas (e concentradas em um ou poucos dias) como as registradas em julho deste ano, na Zona da Mata Sul.


A solução encontrada pelo Governo do estado e Compesa para regularizar o abastecimento de água nas 68 cidades da região foi a Adutora do Agreste, a maior obra estruturadora em Pernambuco para receber as águas da Transposição do Rio São Francisco. Mas para antecipar o uso das tubulações já assentadas da adutora, outras obras foram pensadas para garantir a sustentabilidade hídrica da região: a Adutora do Moxotó, Poços de Tupanatinga, Adutora do Alto Capibaribe e a Adutora de Serro Azul, essas duas últimas ainda não foram iniciadas. "Infelizmente não choveu na região da Barragem de Jucazinho como a gente esperava, por isso, a companhia está desenvolvendo projetos estruturadores para atender a região Agreste. Um deles é o Sistema Siriji que já entrou em operação e está abastecendo João Alfredo, Orobó, Bom Jardim e Surubim e também as cidades do Agreste Setentrional: Casinhas, Santa Maria do Cambucá, Vertente do Lério, Frei Miguelinho e Vertentes", informa o diretor Regional do Interior da Compesa, Marconi de Azevedo.


Com o colapso de Jucazinho, algumas cidades atendidas por este sistema passaram a ser abastecidas por outras fontes de água, como Caruaru, Gravatá e Bezerros. Para melhorar o fornecimento de água para Caruaru e outras cidades da região, como Santa Cruz do Capibaribe, a companhia está realizando uma obra para ampliar as estações de bombeamento do Sistema do Prata/ Pirangi, que vai aumentar a capacidade de transporte de água do sistema. No caso de Toritama, essa obra vai possibilitar a retirada da população da cidade do colapso - a previsão é que Toritama volte a ser abastecida pela rede ainda no mês de agosto. Já para as cidades de Riacho das Almas, Cumaru, Passira e Salgadinho, que estão sendo atendidas exclusivamente por carros-pipa, o retorno do abastecimento nessas cidades será viabilizado com a construção de uma unidade de bombeamento na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Salgado (ETA), em Caruaru, que vai possibilitar a inversão do sistema - que antes vinha de Jucazinho para Caruaru - para retornar o caminho da adutora levando água do Sistema Prata/ Pirangi para essas quatro cidades. 

VÍDEO: Situação da Barragem de Jucazinho, em 26.07



FONTE: Assessoria de Comunicação Compesa.