domingo, 29 de novembro de 2015

Se a reforma do Ana Faustina se arrasta por 5 anos, quem garante que a adutora será feita em 12 meses ? questiona P-Sol.

RECEPÇÃO : o professor Edier Sabino já organizou protestos para denunciar a morosidade da reforma do Ana Faustina, na última visita do governado Paulo Câmara a Surubim, mas ...

Professor Edier Sabino, pré candidato do P-Sol à Prefeitura de Surubim, questiona a vinda do governador Paulo Câmara (PSB) a Surubim, nesta segunda-feira (30), para o anuncio presencial da ligação da adutora do rio Sirigi com a barragem de Palmeirinha, ou Pedra Fina, como também é conhecida, para trazer água para Surubim e municípios vizinhos.

O professor destaca que o anuncio da ação, embora importante, chega atrasado, no mínimo, três anos, período em que a barragem vem secando gradativamente. Ele também cobra o anuncio de medidas que garantam o abastecimento da cidade no ano que vem, uma vez que a solução do problema se daria só no final do ano, de acordo com o cronograma da obra anunciada pelo governo.

 ... os educadores foram barrados em um bloqueio da PM, e impedidos de chegar na Escola Técnica, onde o governador participava do programa Todos por Pernambuco, idealizado para ouvir as pessoas.  

“Ninguém pode negar a importância desta iniciativa, mas ela não nos isenta de apresentarmos alguns questionamentos. Por que tão tardiamente o anúncio desta possível solução, quando o problema já se arrasta por vários anos? Como sobreviverá uma cidade com aproximadamente 70 mil habitantes sem água durante um ano? Vai se disponibilizar carros pipas suficientes para que toda população sobretudo a mais pobre possa adquirir o mínimo necessário de água potável para a sua sobrevivência?” pergunta.


Ana Faustina é uma das mais tradicionais escolas públicas de Surubim. Reforma já dura 5 anos.

O pré-candidato do P-sol também questiona a capacidade do governo em honrar prazo, citando como exemplo, a reforma da Escola Ana Faustina, uma obra bem menor, que exige bem menos recursos e é bem menos complexa, mas que já se arrasta por meia década, de acordo com o educador.

“Quais as garantias de que as obras da adutora sejam concluídas dentro do prazo de um ano? Não corremos o risco de que as mesmas sejam equiparadas às da Escola Ana Faustina, que já vão com 5 anos e ainda não foram concluídas? Esperamos Senhor Governador que esta iniciativa não seja mais uma medida eleitoreira para favorecer os seus candidatos no próximo pleito eleitoral municipal. O nosso povo está enfrentando extremas dificuldades, por tanto não merece ser usado e manipulado”, questiona.

Os problemas na reforma do Ana Faustina foram tema de reportagem da TV Jornal / Caruaru , em 2014 e a reforma segue sem conclusão, neste final de 2015. 



A obra de ligação do Sistema Sirigi à baragem de Pedra Fina foi anunciada pela internet, conforme divulgamos http://www.albericocassiano.com.br/2015/11/surubim-pode-voltar-receber-agua-de.html

ANTES TARDE... governo espera resolver problema do abastecimento em 2017, ligando o sistema Sirigi à barragem de Palmeirinha

e no site da Compesa (leia matéria abaixo):
Obra vai garantir abastecimento d´água de Surubim e Região
24/11/2015 ÀS 13:50

O governador Paulo Câmara autorizou na noite desta segunda-feira (23) a realização de uma importante obra para o Agreste Setentrional, a implantação de uma adutora interligando o Sistema Siriji (em Vicência, Mata Norte) ao Sistema Palmerinha (Bom Jardim) e a Cidade de Surubim e região. A obra receberá um investimento de R$ 40 milhões e deverá beneficiar diretamente 12 municípios da região.
Essa interligação irá permitir o reforço do abastecimento de água a partir da Barragem de Palmerinha, também conhecida como Pedra Fina, responsável pelo atendimento das cidades de Bom Jardim, João Alfredo e Orobó, além de reativar o ramal que anteriormente abastecia a cidade de Surubim, hoje assistida pelo Sistema Jucazinho, cuja barragem  encontra-se em pré-colapso com menos de 2% da sua capacidade de acumulação. O projeto irá garantir a segurança hídrica dessas três cidades, além de evitar o colapso do abastecimento de Surubim e região. 
A interligação do Sistema Siriji com Pedra Fina foi uma sugestão dada pelos secretários de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral, e de Agricultura, Nilton Mota, ao governador Paulo Câmara para garantir o abastecimento d’água no Agreste Setentrional, uma das regiões mais afetadas pelo quinto ano de seca consecutivo. “A integração da barragem de Siriji com Pedra Fina é uma reivindicação antiga de Surubim, que foi apresentada no Seminário Todos por Pernambuco, realizado em abril no município, que foi atendida pelo Governo", destaca Danilo Cabral. O secretário Nilton Mota acrescenta que a "possibilidade da interligação Siriji e Pedra Fina voltar a abastecer a cidade de Surubim e outros municípios da região vai garantir a sustentabilidade hídrica do Agreste Setentrional”.
A decisão  do chefe do Executivo foi anunciada durante uma reunião realizada com os secretários Danilo Cabral, Nilton Mota e Thiago Norões, de Desenvolvimento Econômico, e com o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Segundo o dirigente da estatal, a obra deve ser  executada no prazo de 12 meses e faz parte da estratégia de buscar alternativas para viabilizar obras hídricas que viessem minimizar os efeitos  da falta de  chuvas para milhares de pernambucanos, em especial a população do  Agreste, que enfrenta hoje a  situação mais  grave do Estado. "A exemplo da água que traremos da Mata Sul para abastecer a Adutora do Agreste, com essa obra, será trazida água da Mata Norte para abastecer o Agreste Setentrional", afirmou Roberto Tavares.
É no Agreste que está localizada a Barragem de Jucazinho, em Surubim, que está operando hoje com o seu volume morto. Doze  cidades  estão  enfrentando um rigoroso rodízio de distribuição, de  dois dias com água  contra 28 dias sem, o pior calendário desde a inauguração da barragem  em   2011. “Tantos anos sem chuvas consistentes infelizmente farão a barragem de Jucazinho entrar em colapso, obrigando a Compesa a usar carros-pipa e buscar quaisquer alternativas para o abastecimento dessas cidades”, enfatizou Tavares. 

Com  a obra de interligação dos Sistemas Siriji a Palmerinha, a Compesa irá captar 150 litros de água por segundo, em 37 km de adutoras de 500mm de diâmetro. Com este volume e a reativação do antigo ramal de  Surubim, a Compesa pretende ampliar o atendimento deste projeto para outras cidades atendidas pelo Sistema Jucazinho, a exemplo dos municípios de  Casinhas e Santa Maria do Cambucá, Vertentes e Vertente do Lério. 

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Protestos nas mídias sociais cancelam seleções "malassombradas" das Prefeituras de Surubim e Casinhas

OLHOS ABERTOS : midias sociais mobilizaram sociedade e profissionais de Saúde prejudicados  

Nem água benta, nem alho, nem crucifixo. A mobilização das pessoas nas mídias sociais foi a responsável pelo adiamento das seleções "malassombradas" para contratação de profissionais para as secretarias de Saúde das Prefeituras de Surubim e de Casinhas.

A divulgação, nos dois casos, surgiu assim, no susto feito mal assombro, ou "malassobro", como se costuma dizer aqui no Nordeste. Não fossem as mídias sociais, boa parte da população não teria acesso à informação.     

Na prática, as pessoas só souberam da realização da Seleção Simplificada no primeiro dia da inscrição. Detalhe: o prazo de inscrição é de apenas dois dias.

O fato gerou protestos contundentes, sobretudo nas mídias sociais. Leia as matérias : Contratação "malassombrada da Prefeitura de Surubim gera protestos nas midias sociais 
http://www.albericocassiano.com.br/2015/11/contratacao-malassombrada-da-prefeitura.html 
e A clone : contratação "malassombrada da Prefeitura de Casinhas gera protestos nas midias sociais 
http://www.albericocassiano.com.br/2015/11/a-clone-contratacao-malassombrada-na.html

Em Surubim, vereadores ameaçaram ingressar com ação no Ministério Público pedindo cancelamento da seleção "malassombrada", digo, simplificada.


Em Casinhas, a vereadora Verônica Geriz (PSB) anunciou, por meio de sua página no Facebook que havia feito a denúncia no MP, com mais dois parlamentares de oposição: “ Procuramos hoje a promotoria, em Surubim, e registramos a denúncia dessa seleção que está ocorrendo na secretaria de Saúde de Casinhas. Eu, junto com os vereadores Marcelo e Maria Pires É desumano querer que as pessoas, em apenas dois, tomem conhecimento e venham realizar sua inscrição e ainda apresentem toda a documentação necessária. Sem falar que quase não houve publicidade. As pessoas me procuraram e após a reunião da Câmara, fui na secretaria de Saúde e solicitei a cópia completa do edital. Agora está a cargo do Ministério Público para que as providências necessárias sejam tomadas. Vamos aguardar”, postou a vereadora.

As duas Prefeituras decidiram adiar a realização das seleções simplificadas. A Prefeitura de Casinhas divulgou nota afirmando que havia solicitado " à empresa OS, responsável pela realização do processo seletivo, ainda no dia de ontem (25), a suspensão temporária da Seleção Simplificada que estava prevista para acontecer no próximo domingo (29). 

Assim, a "Organização Social em Saúde Dr. Jaime Justiniano", contratada para fazer as seleções divulgou nota informando que "ante as insurgências ocorridas, fica o referido procedimento cancelado ", tanto em Surubim, quanto em Casinhas. 

O edital para a Seleção Simplificada está sendo reformulado e o processo será retomado em 90 dias, nos dois Municípios. Não foi divulgada nenhuma informação sobre o processo de escolha da empresa para a realizar as seleções, nem o valor pago pelos Municípios pelo serviço. As Prefeituras não informaram como vão suprir temporariamente à demanda dos profissionais da saúde que seriam contatados.

Fontes: com informações dos blogs Negócios e Informes (Luiz Geramano) e Casinhas Agreste (Charles Nascimento).

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

A clone : contratação "malassombrada" na Prefeitura de Casinhas gera protestos nas midias sociais

COBRANDO EXPLICAÇÕES : professor Edmilson Gonçalves vai disputar a Prefeitura pelo P-Sol divulgou Seleção Simplificada em blog e no facebook 

Numa época de crise e com o desemprego assustando o brasileiro, as oportunidades de emprego são disputadas de forma cada vez mais acirrada. Se um shopping, por exemplo, numa grande cidade anuncia hoje, que amanhã oferecer empregos, fatalmente as filas, geradas na frente do empreendimento, serão notícia. Se uma instituição pública anuncia um concurso, muitos irão se inscrever, e, seguindo os prazos do edital, vão lutar para conquistar o emprego público.

Gera descontentamento, no entanto, a forma que a Prefeitura de Casinhas optou para contratar profissionais para a  Secretária de Saúde: uma seleção simplificada, divulgada, quase na surdina. 

A divulgação surgiu assim, no susto feito mal assombro, ou "malassobro", como se costuma dizer aqui no Nordeste. Não fossem as mídias sociais, boa parte da população não teria acesso à informação. 

A contratação segue edital elaborado pelo "Hospital Memorial Dr. Jaime Santana", assinado pelo "vice presidente da organização social, Jean Bezerra Lima". Segue o mesmo padrão do edital publicado, com o mesmo objetivo na cidade vizinha Surubim (www.albericocassiano.com.br/2015/11/contratacao-malassombrada-da-prefeitura.html ) e que gerou protestos nas mídias sociais, fato que se repete em Casinhas.     

Na prática, as pessoas só souberam da realização da Seleção Simplificada no primeiro dia da inscrição. Detalhe: o prazo de inscrição é de apenas dois dias.    


No portal oficial da Prefeitura, por exemplo (http://www.prefeituracasinhas.pe.gov.br/) não há nenhuma informação a respeito. A principal machete em destaque é sobre a " Semana de Combate ao abuso sexual e exploração sexual", que aconteceu em maio. A Prefeitura de Casinhas também não fez nenhuma divulgação nos blogs com que mantem parceria para divulgar a gestão.

Enquanto a seleção simplificada de Surubim repercutia nas redes sociais, a conexão com o município vizinho, coube ao professor Edmilson Gonçalves, que publicou a informação e cobrou explicações no seu Blog Casinhas Agreste e no seu perfil no Facebook : 

" CASINHAS PE
Alguém sabe me responder por que o Processo Seletivo para preenchimento de vagas na área da saúde de Casinhas está sendo realizado sem seguir o princípio da Publicidade, ou seja, sem nenhuma divulgação para a população de Casinhas?
As inscrições deram início hoje terça dia (24) e vai até esta quarta (25).
Casinhas -URGENTE - VAGAS DE EMPREGO - Seleção simplificada para preenchimento de vagas na Secretaria de Saúde até esta quarta (25) pela manhã "

A divulgação da Prefeitura, quase sem alarde, gerou protestos, nos cometários da postagem feita pelo professor e blogueiro, pre-candidato à Prefeitura de Casinhas pelo P-Sol. 

 “ Por que essas inscrições não foram divulgadas com antecedência ? Ou é por que já tem as pessoas certas para ocuparem as vagas e apenas essas sabiam das inscrições ? Lamento pelo restante da população casinhense” postou a internauta Marcia Regina.

 “ Casinhas não vai mudar nunca “ , lamenta Marinaldo Oliveira.
 “ Como sempre ...  tem que ser em Casinhas mesmo. Tão formando uma quadrilha “ desabafa Ermildo Santos

“ Muito curto o prazo. Como Vamos conseguir os títulos de última hora “ , questiona Edijane Maria.
 “ As vagas já estão preenchidas, tudo indicado já” , afirma  Vanderley Tomaz.

 Casinhense em Casinhas tem vez não, só é lembrado na eleição depois é esquecido e humilhado pelos gestores “ ,  Em Casinhas só trabalha quem for de Orobó kkkkk “ , ironiza Risonaldo Santos Barbosa.

Perda de tempo ! Isto é uma vergonha !  Aonde está o Ministério Público ? Acorda casinhenses ! , protesta Almir Santos.

Ainda, de acordo, com o edital da Seleção Simplificada, a prova objetiva já acontece no próximo dia 29 , e o resultado será divulgado ate 29 de dezembro.  





Contratação "malassombrada" da Prefeitura de Surubim gera protestos nas midias sociais

"Comunidade do Doquinhas ganha calçamento e praça" é o destaque principal do site da Prefeitura.
Numa época de crise e com o desemprego assustando o brasileiro, as oportunidades de emprego são disputadas de forma cada vez mais acirrada. Se um shopping, por exemplo, numa grande cidade anuncia hoje, que amanhã oferecer empregos, fatalmente as filas, geradas na frente do empreendimento, serão notícia. Se uma instituição pública anuncia um concurso, muitos irão se inscrever, e, seguindo os prazos do edital, vão lutar para conquistar o emprego público.

Gera descontentamento, no entanto, a forma que a Prefeitura de Surubim optou para contratar 89 profissionais para a  Secretária de Saúde e Policlínica Municipal: uma seleção simplificada, divulgada, quase na surdina. A divulgação surgiu assim, no susto feito mal assombro, ou "malassobro", como se costuma dizer aqui no Nordeste. Não fossem as mídias sociais, boa parte da população não teria acesso à informação.     

No portal oficial da Prefeitura, por exemplo (http://surubim.pe.gov.br/portal/) não há nenhuma informação a respeito. A principal machete em destaque é "Comunidade do Doquinhas ganha calçamento" (como se comunidade não pagasse imposto e estivesse ganho algo mesmo).

Na prática, as pessoas só souberam da realização da Seleção Simplificada no primeiro dia da inscrição. Detalhe: o prazo de inscrição é de apenas dois dias.

A única divulgação, digamos "quase" oficial, coube ao vereador licenciado Lúcio Fabrício, da base governista, que postou no seu perfil no Facebook, um comunicado com informações mais concretas do processo, frisando, no entanto, que a exemplo da população, também ficou sabendo do edital no dia da abertura da inscrição: 

LUCIO FABRICIO : "Sou vereador licenciado,mas não deixo de cumprir com meus encargos de sempre levar as questões municipais ao conhecimento de todos"

" ATENÇÃO POPULAÇÃO - COMUNICADO
Chegou AO NOSSO CONHECIMENTO APENAS HOJE que a Prefeitura Municipal de Surubim abriu seleção para preenchimento de 89 ( OITENTA E NOVE) vagas na Secretária de Saúde e na Policlínica Municipal de Surubim.
O documento do processo SELETIVO DATA DO DIA 20/11 e teve o início das inscrições HOJE (24/11) e se encerra AMANHÃ (25/11) às 12:00 na Secretária de Saúde, localizada em frente ao INSS.
A realização da prova objetiva será no dia 29 de novembro e os resultados serão divulgados nos quadros de avisos de ambos os locais.
Seguem as fotos do edital, maiores informações na Prefeitura e na Secretária de Saúde ou com a instituição organizadora do processo: Hospital Memorial Jaime Santana. Tel.: (81)3046-3885"

"Queridos amigos, assim como TODA A POPULAÇÃO, só tive conhecimento desse processo seletivo na data de hoje, sendo assim achei por bem divulgar aos interessados. Sou vereador licenciado,mas não deixo de cumprir com meus encargos de sempre levar as questões municipais ao conhecimento de todos. Infelizmente a realização dessas ações fica à cargo do PODER EXECUTIVO do município. Esse sim tem a obrigação de divulgar e convocar a população para abertura de vagas, sejam elas em qual área for dentro da esfera administrativa surubinense. Desde já desejo sorte aos que se candidatarem! " , esclareceu.

 A divulgação da Prefeitura, quase sem alarde, gerou protestos, nos cometários da postagem: 

“ Por que não foi divulgado ? Encontrei essa publicação no face”, questiona a internauta Graças Silva de Lima.

“Bom, em primeiro lugar, obrigada por compartilhar essas informações, mas poderia ter sido feito com um prazo bem maior e sem exclusão, pois somos todos competentes e merecemos os mesmos direitos”, lembrou Manuelly Edinamar.

 Gente. Só resolveram falar porque descobriram. Ou vocês acham, que estão falando agora, por vontade própria ? “,, postou Gebson Silva.

 “ Os processos seletivos,  assim como os concursos, deveriam  ter, em sua comissão,  representantes da sociedade civil e obrigatoriamente a participação do Ministério Publico ou até mesmo a OAB...fica ai a sugestão. ..e boa sorte para que vai participar dessa "seleção simplificada" ...., sugere Givaldo Guerra Guedes.

“ É verdade. Falar hoje pra acabar amanhã e ainda fazer prova sem estudar, nunca vi isso”, completa Carolina Lima.

“Isto não existe” , sentencia Maria Verônica.

 “Isto é muito sério. Aconselho a todos, procurar o Ministério Público e fazer uma denúncia”, sugere Luiz Aguiar.

“Ito é uma afronta à moralidade administrativa e ao princípio da publicidade. Este certame deve ser cancelado. Só resumo em uma palavra: vergonha! Vou entrar com uma ação para impugnar amanhã mesmo”, anuncia Evandro Barbosa.







Ainda, de acordo, com o edital da Seleção Simplificada, a prova objetiva já acontece no próximo dia 29 , e o resultado será divulgado ate 29 de dezembro.  

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Polêmica entre vereadores: Bomba cobra transparência da Prefeitura e Dr. Vavá do Governo do estado


PELA TRANSPARÊNCIA DA AGUA: vereador Vavá (PT) apresentou Pedido de Informações idêntico ao de autoria do vereador Bomba (PSD). Foto: Carlos Galhardo.

Na sessão desta quinta-feira (12) da Câmara Municipal, o vereador Luciano Medeiros (PSD), conhecido como Bomba, cobrou transparência da Prefeitura na contratação dos caminhões pipa, utilizados para distribuição de água para população de Surubim.


SEIS E MEIA DÚZIA: “Esse Pedido de Informação que o senhor está apresentando é uma cópia” Foto: Carlos Galhardo.

“Precisamos saber quantos carros estão contratados, quanto está se pagando, nome completo dos donos do carro, placa dos veículos, quais as comunidades que estão sendo atendidas e quantas viagens cada um está fazendo por dia”, disse, no plenário da Casa Euclides Mota.

Ainda de acordo com o vereador Bomba, já haveria indícios de que os proprietários desses veículos já teriam suspendido o fornecimento d’água por falta de pagamento, o que prejudicaria muito a população, neste período da forte crise hídrica que Surubim enfrenta com o colapso da Barragem de Jucazinho.

FOTOS : reprodução / internet

OUTRO LADO – o líder do PT, vereador Josivaldo da Silva, conhecido como Dr. Vavá, após a aprovação do Pedido de Informações cobrando transparência nos contratos com carros-pipa da Prefeitura, foi ao plenário cobrar a mesma transparêcia do Governo do Estado por meio do IPA, em Surubim.


“Sei que a Prefeitura vai enviar as informações que o vereador Bomba pede, é bom que o Governo do Estado, o secretário Nilton Mota, e o representante do IPA digam aqui também quantos carros estão contratados, quanto está se pagando, nome completo dos donos do carro, placa dos veículos, quais as comunidades que estão sendo atendidas e quantas viagens cada um está fazendo por dia”, afirmou.

“Esse Pedido de Informação que o senhor está apresentando é uma cópia”, protestou o vereador Bomba.

“O pedido é informal, o secretário envia as informações se quiser. Mas é bom frisar que a responsabilidade do abastecimento d’ água é do estado. A prefeitura e o exército estão apoiando. As escolas e os postos de saúde estão abastecidos”, completou o vereador Vavá.


Os vereadores frisaram que os carros dos do Ipa e do Exército podem abastecer apenas a zona rural do município. Atualmente, 65% da população de Surubim estão concentrados na zona urbana e os programas de distribuição de água em carros-pipa executados pela Prefeitura de Surubim,  Governo do Estado (Ipa) e Exército não são integrados, ou planejados em conjunto.   

Vereador quer saber quanto a Prefeitura investe em abastecimento com carros-pipa


Na sessão desta quinta-feira (12) da Câmara Municipal, o vereador Luciano Medeiros (PSD), conhecido como Bomba, cobrou transparência da Prefeitura na contratação dos caminhões pipa, utilizados para distribuição de água para população de Surubim.



“Precisamos saber quantos carros estão contratados, quanto está se pagando, nome completo dos donos do carro, placa dos veículos, quais as comunidades que estão sendo atendidas e quantas viagens cada um está fazendo por dia”, disse, no plenário da Casa Euclides Mota, que aprovou um Pedido de Informação à Prefeitura.


Ainda de acordo com o vereador Bomba, já haveria indícios de que os proprietários desses veículos já teriam suspendido o fornecimento d’água por falta de pagamento, o que prejudicaria muito a população, neste período da forte crise hídrica que Surubim enfrenta com o colapso da Barragem de Jucazinho.