segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Miguel Coelho é oficializado candidato do União Brasil ao governo de Pernambuco


Miguel Coelho e Alessandra Vieira foram oficializados, neste domingo (31), como candidatos a governador e vice-governadora de Pernambuco, respectivamente. Os dois são filiados ao partido União Brasil que promoveu uma convenção para confirmar as candidaturas às eleições de outubro. 

Miguel Coelho foi prefeito de Petrolina, no Sertão, por dois mandatos. Renunciou ao cargo em 31 de março, para concorrer ao governo do estado.

A convenção do partido ocorreu no Clube Internacional, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife.

O União Brasil concorre às eleições com 26 candidatos a deputado federal e 50 candidatos a deputado estadual. Além desses e dos candidatos ao governo, o nome do empresário Carlos Andrade Lima (União Brasil), candidato ao Senado, também foi oficializado na convenção.

A legenda conta com o apoio dos partidos Podemos, Patriota e PSC, que tiveram representantes na convenção do União Brasil.

Miguel Coelho subiu ao palanque ao lado de Alessandra Vieira e Carlos Andrade Lima, além de lideranças do União Brasil, incluindo o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, que anunciou durante o evento a desistência de concorrer à Presidência da República.

“Chego aqui nesta convenção como se não tivesse andado em nada, porque o que fizemos foi o que nos preparamos até aqui. A campanha começa a partir de hoje. Estou com gás, energia, mas acima de tudo, amor. Nosso desafio é poder sair daqui falando dos novos hospitais que vamos construir, que vamos acabar com essa safadeza da Compesa, vamos valorizar nossas polícias, abrir creches. Mas mais ainda que esse projeto que é liderado por Migue e Alessandra tem um objetivo simples, de poder devolver a autoestima, o orgulho e a força do povo pernambucano. Encontrei, há seis anos, uma cidade que estava como Pernambuco. Cabisbaixa, triste e desmotivada. Através da boa política, das palavras sinceras e verdadeiras, fizemos uma grande transformação”, disse Miguel Coelho.

Miguel Coelho tem 31 anos, nasceu no Recife e vem de uma família tradicional de políticos do Sertão de Pernambuco. É filho do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que foi eleito em 2014, quando era filiado ao PSB, e que neste ano deixa o Senado. Seus irmãos são o deputado federal Fernando Coelho Filho (União) e o deputado estadual Antônio Coelho (União).

É formado em direito, tem pós-graduação em liderança e gestão pública e, atualmente, faz pós-graduação em gestão de negócios.

Já exerceu o cargo de deputado estadual, antes de concorrer à prefeitura de Petrolina, quando era filiado ao PSB, para o qual foi eleito com 55 mil votos. Foi, na época, o deputado estadual mais jovem de Pernambuco, com 24 anos. Também já foi filiado ao MDB, DEM e, agora, concorre pelo União Brasil.

Em 2016, Miguel Coelho, ainda no PSB, renunciou ao cargo de deputado ao assumir a prefeitura de Petrolina. Para o primeiro mandato na cidade, foi eleito com 38,8% dos votos válidos, equivalente a 60.509 votos. Na reeleição, quando já tinha migrado para o MDB, teve 121.300, Ou 76,19% dos votos válidos.


A candidata a vice, Alessandra Vieira,
é deputada estadual em primeiro mandato e tem 48 anos. Nasceu em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Atualmente, é 4ª secretária da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

“A gente sai todo dia de manhã sem ter hora para voltar para casa, em busca de dias melhores para cada um de vocês. Hoje não é dia de falar do retrocesso que está acontecendo aí, de como está Pernambuco hoje. Todo mundo já sabe. A gente precisa falar da união, força, coragem, vontade e energia que vocês trazem para a gente; de futuro, força. […] Eu quero colocar em prática as dezenas de leis que tem hoje em Pernambuco em defesa da mulher, da pessoa com deficiência, dos toyoteiros e carros [de transporte] alternativos, que tanto são perseguidos em Pernambuco”, disse.

Ela foi eleita pelo PSDB, com 45.115 votos. Chegou a ser presidente estadual do partido, que tem a ex-prefeita de Caruaru Raquel Lyra como pré-candidata ao governo. Em fevereiro, rompeu com os tucanos e se filiou ao União Brasil.

Alessandra Vieira foi primeira-dama de Santa Cruz do Capibaribe entre 2013 e 2020, quando o marido dela, Edson Vieira, era prefeito. Em 2013, ocupou o cargo de secretária de Cidadania e Inclusão Social do município.

Como pauta prioritária, Alessandra Vieira traz o cuidado com crianças com deficiência e incentivo aos trabalhadores do polo têxtil de Pernambuco, que tem Santa Cruz do Capibaribe como um dos principais produtores.

Candidato ao Senado


O empresário Carlos Andrade Lima foi oficializado como candidato ao Senado pelo União Brasil. O anúncio do nome dele ocorreu na sexta-feira (28), após a chegada a Pernambuco do presidente nacional do partido, Luciano Bivar.

No palco, Carlos Andrade Lima defendeu propostas anunciadas por Miguel na prévia do plano de governo, como investimentos e infraestrutura, incentivos ao empreendedorismo e privatização da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Fotos: Pedro Alves/G1.
Do G1 PE.