terça-feira, 7 de dezembro de 2021

No Agreste Setentrional, Paulo Câmara investe mais de R$ 57 milhões com o Plano Retomada


MACHADOS – Em mais uma rodada do Plano Retomada, o governador Paulo Câmara esteve, nesta terça-feira (07.12), em dois municípios do Agreste Setentrional, anunciando novas intervenções previstas no Plano Retomada, que totalizam mais de R$ 57 milhões. Em Machados, ele inaugurou a PE-084, que dá acesso ao município. A obra, iniciada em novembro de 2020, incluiu serviços de drenagem, pavimentação e sinalização, com um aporte de R$ 3,2 milhões, e vai beneficiar diretamente mais de 16 mil habitantes.

O governador autorizou ainda a contratação da empresa que vai elaborar os projetos de engenharia e posterior execução de obras para implantação da continuidade da rodovia, no segmento que vai de Machados até o distrito de Chã da Rocha, na divisa com a Paraíba, com extensão de nove quilômetros. Serão investidos R$ 270 mil no estudo e as obras devem contar com recursos estimados em R$ 13,5 milhões.

Foi autorizado, ainda, o início do processo de contratação do projeto executivo da PE-086, entre as cidades de Orobó e Machados, com 13,1 quilômetros. A iniciativa tem orçamento estimado de R$ 393 mil. Para a posterior execução das obras, o Governo do Estado já garantiu recursos da ordem de R$ 19,6 milhões. Cerca de 350 novos empregos serão gerados durante os trabalhos.

“São obras muito importantes, há muito tempo esperadas, que vão melhorar as condições de trafegabilidade, o que é fundamental para o desenvolvimento da região. Vamos ter condições de fazer essas melhorias, dentro do Plano Retomada, para gerar mais emprego e renda para a população de Pernambuco”, frisou Paulo Câmara, que também liberou R$ 350 mil para execução de projeto e obras de recuperação estrutural do reservatório elevado do município, iniciativa que beneficiará seis mil pessoas com mais segurança hídrica. Finalizando a visita, ele autorizou o processo de licitação de obras e serviços para contratação da empresa de engenharia que vai construir a quadra coberta da Erem Severino de Andrade Guerra.


BOM JARDIM – De Machados, Paulo Câmara seguiu para Bom Jardim, onde visitou o assentamento Bela Vista, do Movimento dos Sem-Terra (MST). Em seguida, na sede do município, anunciou ações em diversas áreas, como a do turismo, assinando convênio para liberar parte dos recursos necessários à implantação do Parque Ecológico Pedra do Navio, no valor de R$ 2 milhões. “Vamos fazer esse convênio com o município para realizar essa requalificação no local, que será um grande parque ecológico, capaz de receber turistas e também beneficiar a população local. Tenho certeza que vai modificar a dinâmica do turismo da região”, afirmou o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Reforçando a atenção com a infraestrutura hídrica, o governador autorizou o início da licitação para obras do sistema de abastecimento de água de Bom Jardim. O projeto prevê a ativação de um reservatório e da Estação Elevatória de Água Tratada Cohab para atendimento a um setor do município abastecido atualmente pela adutora de Orobó. Dessa forma, todas as áreas da cidade passarão a ser alimentadas por esse sistema. A obra receberá investimentos de aproximadamente R$ 94 mil e beneficiará três mil pessoas. Ele liberou ainda R$ 300 mil para obras de limpeza e desassoreamento da Barragem de Pedra Fina. Com as intervenções, a expectativa é melhorar a vazão de água com a recuperação da capacidade de captação do reservatório, para beneficiar 20 mil pessoas. As obras têm prazo de conclusão previsto para março do próximo ano.


O governador anunciou a liberação de recursos previstos por emenda parlamentar no valor de R$ 598 mil, além de verbas do FEM, que somam R$ 484,8 mil. Além disso, autorizou a licitação do projeto de pavimentação em paralelepípedos da vicinal que liga Bom Jardim a Pindobinha, no valor de R$ 4,8 milhões. O mesmo serviço será realizado na vicinal que liga Bom Jardim a Tamboatá, orçado em R$ 8,4 milhões.

Na área de assistência social, Paulo Câmara repassou recursos para a manutenção do Centro de Assistência Social (CRAS), no valor de R$ 10 mil, e para implantação de uma cozinha comunitária no município, visando combater a insegurança alimentar. Ele anunciou ainda a implantação do Programa Mãe Coruja, para prestar assistência às gestantes e puérperas, e de uma Central de Oportunidades (COPE), que beneficiará 15 mil pessoas economicamente ativas na região.

Foi assinada também uma ordem de serviço para obras de reforma e ampliação da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Justulino Ferreira Gomes, no valor de R$ 1,3 milhão, além de uma licitação para construção de quadra coberta na EREM Dr. Mota Silveira. O governador entregou ainda CRLVs a proprietários de motos, devidamente quitados em razão do decreto de anistia. Por fim, ele assinou termo de compromisso para apoio na qualificação para ampliação do distrito industrial do município.


Fotos: Hélia Scheppa.

Da Secretaria de Imprensa.