quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Bom Jardim: Parceria entre MST, município e governo do estado produz peixe da semana Santa


Se não é segredo da boa comida caseira que “o amor” é o melhor tempero, o tradicional peixe da semana Santa, de 2022, que será distribuído pelo município de Bom Jardim, no Agreste Setentrional, vai chegar à mesa das famílias duplamente delicioso, com amor e sabor local. É que os peixes estão sendo produzidos na zona rural, na localidade de Lagoa Comprida, pelos trabalhadores do assentamento do MST – Movimento Sem-Terra.



PARQUE ECOLÓGICO: Na conversa, sobre o primeiro ano da gestão, o prefeito lembrou a recente visita do governador Paulo Câmara ao assentamento, e ainda aBom Jardim, quando foram assinadas diversas ordens de serviços, com ações nomunicípio. Entre elas, o prefeito destacou o investimento de R$ 2 milhões para construção do parque ecológico da Pedra do Navio. “Sem qualquer estrutura física construída, a beleza natural da ‘pedra do navio’ já atrai visitantes, então vamos aproveitá-la para potencializar o turismo local e gerar renda”, disse.

A produção está sendo feita em cem tanques, numa parceria entre o MST, a prefeitura e o governo do estado, com objetivo de gerar emprego e renda. “Nós temos uma projeção de produzir 20 toneladas já até abril para doação da semana Santa, e já estamos trabalhando para isso”, afirmou o prefeito. As informações foram anunciadas pelo professor Janjão (PL), ao âncora Alan Lucena, no programa Plantão de Notícias, da rádio Integração FM, do sábado (18).


Professor e comerciante do setor da confecção, o prefeito Janjão afirmou que criou a secretaria de Desenvolvimento Econômico para fortalecer as atividades dos mais diversos setores da economia local, a exemplo do comércio e da indústria da confecção, com boas perspectiva de crescimento. O município buscou a Associação Comercial da cidade e o Sebrae e firmou parceria, que já promoveu uma liquidação e está realizando um festival de prêmios, para estimular as vendas do final do ano. Ainda na entrevista, o prefeito frisou que o município injetou R$ 6 milhões na economia local, com diversos pagamentos ao funcionalismo, e pediu aos servidores que comprem no comércio de Bom Jardim.   

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL: na indústria da confecção, o prefeito destacou que o CVT – Centro Vocacional de Tecnologia, implantado no distrito de Umari, estará formando 200 (duzentos) profissionais em Costura Industrial, para o mercado de trabalho, agora em janeiro. A indústria da confecção está sendo potencializada com foco na geração de postos de trabalho. O distrito tem vários pequenos “fabricos” de confecção, que sentem dificuldade em encontrar mão-de-obra qualificada para dá conta da produção. Para incentivar os empreendimentos, o gestor também frisou que a prefeitura contratou um técnico de manutenção de máquinas.

“Tudo isso são parcerias para incentivar nossa economia, para o empreendedor não ter que buscar um técnico aqui em Surubim e mexer no dinheiro da empresa, para incentivar a geração de empregos neste setor. Afinal, não podemos empregar 14 mil pessoas, mas estamos buscando caminhos para gerar esses postos de trabalho”, acrescentou.

PARQUE INDUSTRIAL: professor Janjão destaca ainda como ação deste primeiro ano de gestão, a parceria com o governo do estado que está viabilizando a implantação do Distrito Industrial da Encruzilhada, que será implantado às margens da PE-90, cuja área vai começar a passar por terraplanagem.

LEIA TAMBÉM

Município de Bom Jardim fecha ano com contas equilibradas

"Vinte anos depois, vai voltar a nascer bonjardinense. No dia 22, voltaremos a fazer cirurgias no hospital Miguel Arraes de Alencar, em Bom Jardim", anuncia prefeito, professor Janjão


Imagens: reprodução / Youtube.
Da Redação, Alberico Cassiano, com Integração FM.