quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Tiririca é o deputado do PL que mais vota contra Bolsonaro.


O deputado Tiririca (PL-SP) é o principal “opositor” de Jair Bolsonaro dentro do PL, futuro partido do presidente. Dados do Radar do Congresso, ferramenta do Congresso em Foco que compila e qualifica a participação de parlamentares, apontam que Tiririca é, de longe, o deputado da legenda que mais vota contra as orientações do governo Bolsonaro. Desde o início do atual mandato, o primeiro palhaço profissional eleito para o Congresso acompanhou as recomendações do Planalto em apenas 58% das vezes.

Tiririca e Bolsonaro serão companheiros de partido a partir da próxima terça-feira (30), quando o presidente deverá se filiar à legenda comandada pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto. A bancada do PL seguiu o governo em 93% das votações, o que faz dela a segunda mais fiel a Bolsonaro – atrás apenas do PSL, que votou com o governo em 95% das vezes. O percentual de adesão do partido é o mesmo do PP, do presidente da Câmara, Arthur Lira (AL).

O deputado artista votou, por exemplo, contra as privatizações dos Correiso e da Eletrobras, a obrigatoriedade do voto impresso, o repasse de dinheiro do Fundeb a escolas religiosas e o veto aos reajustes de servidores, entre outras medidas defendidas pelo Executivo. No teste mais recente, porém, na análise da PEC dos Precatórios, ele votou sim, acompanhando o governo.

O segundo deputado do PL que menos votou com o Planalto é o sergipano Valdemar Noventa, com fidelidade de 78%. Os demais integrantes do futuro partido do presidente votaram em mais de 90% das ocasiões de acordo com a recomendação governista. 

Tiririca apoiou a eleição de Bolsonaro, de quem era colega na Câmara e com quem conversava constantemente no fundo do plenário, em meio a risos e piadas. Mas a lua-de-mel demorou pouco. Ainda em 2019 o deputado cobrou do amigo que mudasse de postura para não se tornar o pior presidente da história.

“Tá faltando a galera pra chegar e dizer: ‘Irmão, senta aqui. Cara, tu não é deputado. É o país, irmão. Assim não vai. É assim, assim e assim…’ Se ele não sair do pedestal ele vai ser o pior governo que já tivemos em todos os tempos”, disse o deputado em rara entrevista à Folha de São Paulo. 

A reportagem procurou Tiririca para ouvi-lo sobre a entrada de Bolsonaro no PL e sua posição nas votações, mas não houve retorno até o momento.

Do Congresso em Foco.