sexta-feira, 18 de junho de 2021

Compesa cria sistema piloto de automação para estações elevatórias de esgoto


A Compesa vem investindo continuamente em tecnologias que otimizem o trabalho nas unidades e previnam danos a equipamentos buscando, assim, evitar as manutenções emergenciais e, consequentemente, impacto para a população. O projeto piloto de automação que compreende um dispositivo e um aplicativo de celular, ambos criados por equipe interna da Companhia, já está em funcionamento na Estação Elevatória de Esgoto do bairro Pedra Linda, na cidade de Petrolina, Sertão do São Francisco, com previsão de expansão para demais localidades.  

“Trata-se de uma tecnologia de baixo custo, com valor aproximado de mil reais, mas, com grandes benefícios para as Estações Elevatórias de Esgoto. Graças ao trabalho desenvolvido pela nossa equipe de Automação, teremos ainda a possibilidade de revezamento automático/remoto entre as bombas do sistema e a acumulação de dados em nuvens para geração de histórico e gráficos de funcionamento. Trata-se de um projeto piloto, mas já iniciamos com o pé direito”, destaca o gerente de Automação da Compesa, Antônio Lucena.

“Na prática, o operador vai conseguir monitorar via aplicativo de celular ou pelo monitor do Centro de Controle Operacional, indicadores de uma obstrução iminente das tubulações, tendo condições de se antecipar, fazer as correções necessárias e evitar, por exemplo, a quebra da bomba e de outros equipamentos, o que geraria paradas no sistema”, explica o gerente de Manutenção do Interior, Fábio Fonseca.

Da Assessoria de Imprensa.