quinta-feira, 20 de maio de 2021

Paulo Câmara autoriza ampliação do sistema de abastecimento de Gravatá


O governador Paulo Câmara assinou, na manhã desta quinta-feira (20.05), ordem de serviço autorizando o início das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água do município de Gravatá, que vai beneficiar cerca de 84 mil pessoas, com um investimento de aproximadamente R$ 22,5 milhões. Durante a reunião, realizada por videoconferência, Paulo Câmara também autorizou a assinatura de um convênio para limpeza e desobstrução de trecho do Rio Ipojuca.

“Estamos investindo na qualidade de vida da população de Gravatá, uma cidade turística que precisa de estrutura adequada para receber bem todos que a visitam. Seguimos na determinação de que, dentro do prazo de um ano, estipulado pela Compesa, já tenhamos a situação devidamente resolvida em 2022”, enfatizou Paulo Câmara.

De acordo com a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, a obra vai elevar a captação atual no Rio Amaraji de 190 litros por segundo para 320 litros por segundo. “Pernambuco está trabalhando com foco na universalização do acesso à água e na garantia da segurança hídrica para a população”, ressaltou Fernandha.

As intervenções para implantação do novo sistema partirão de um reservatório existente no município de Amaraji até a Estação de Tratamento de Água de Gravatá. Será implantada uma adutora com aproximadamente 20 quilômetros de extensão e construído um novo reservatório. Também estão previstas intervenções nas unidades existentes ao longo do percurso, que receberão o incremento de vazão projetado.

Visando reforçar cada vez mais as ações voltadas para a garantia da sustentabilidade, o governador também autorizou a assinatura de um convênio entre a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos e a Prefeitura de Gravatá para o repasse de recursos ao município que serão destinados à limpeza e desobstrução do Rio Ipojuca, no trecho próximo à área onde está sendo construído o Parque Janelas para o Rio. O valor investido na ação será de aproximadamente R$ 170 mil.

O prefeito de Gravatá, Padre Joselito, enfatizou que a realização da obra é de suma importância para o município. “Sempre foi um grande desejo da população que essa obra tivesse início, e que o abastecimento de água fosse ampliado”, disse. Também participaram da reunião, a presidente da Compesa, Manuela Marinho; o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano de Gravatá, Ricardo Malta; além do deputado estadual Waldemar Borges e do deputado Federal André Ferreira.

JANELAS PARA O RIO – Ainda na reunião foi discutido o andamento das obras do Parque Ambiental Janelas para o Rio, de Gravatá, localizado em uma área de 10 mil metros quadrados, adjacente ao antigo Matadouro Público Municipal, no bairro do Jucá. A construção do equipamento conta com um investimento de aproximadamente R$ 2,3 milhões e tem como intuito proteger as margens do Rio Ipojuca e promover a integração da população com o espaço público. As intervenções já estão com 55% dos serviços executados, e a expectativa é de que a entrega do parque linear aconteça em agosto.


Fotos: Heudes Régis / Aluísio Moreira.

Da Sec. Est. de Imprensa.