quinta-feira, 27 de maio de 2021

Compesa investe em manutenção preventiva dos sistemas no interior do estado

 


Com o objetivo de reduzir a possibilidade de falhas nos equipamentos e garantir a segurança operacional e regularidade na produção de água, além de evitar paradas emergenciais, que geralmente demandam tempo e impactam no abastecimento, o Governo do Estado, por meio da Compesa, deu início às ações de manutenções preventivas em suas unidades. O trabalho é resultado da criação das gerências de manutenção dos sistemas de abastecimento de água com foco no interior, direcionando ações e recursos específicos para essa área.

Os serviços foram iniciados em sistemas estratégicos, começando pelo Sistema Produtor de Garanhuns (Cajueiro, Mundaú e Inhumas), responsável pelo abastecimento das cidades de Garanhuns, São João, Angelim, Jucati e Caetés, além dos distritos de Quatro Bocas, Neves, São Pedro e Frexeiras. Este sistema foi escolhido por sua relevância. “Ele é composto por um conjunto de seis estações elevatórias, de grande porte, com uma série de equipamentos eletromecânicos que carecem de uma atenção especial”, explica o gerente de Manutenção do Agreste e Matas, Augusto Dantas. 

Para que todas essas melhorias sejam realizadas serão investidos R$ 2 milhões que incluem aquisições de novos equipamentos, como também a manutenção dos já existentes. Além disso, estão previstas a instalação da nova subestação da Estação Elevatória 1 Inhumas, de novas bombas para as Estações Elevatórias de Inhumas e Mundaú e um novo motor para a Estação Elevatória 2 Cajueiro. 

“Uma das metas da Compesa é que as unidades operacionais do interior do Estado tenham essa manutenção planejada, garantindo uma melhor performance na operação dos sistemas e uma maior regularidade na prestação do serviço”, pontua o diretor Regional do Interior, Mario Heitor. 

Da Assessoria de Imprensa.