sexta-feira, 16 de abril de 2021

Governo de Pernambuco anuncia licitação para acesso viário ao frigorífico da Masterboi em construção em Canhotinho


O governo de Pernambuco segue oferecendo condições diferenciadas para as empresas que escolhem o estado na hora de fazer investimentos. Foi lançado, nesta sexta-feira (15/4), o processo licitatório para contratar a empresa que vai construir o acesso viário à fábrica da Masterboi, em obras na cidade de Canhotinho, no Agreste Meridional. O sistema viário tem orçamento de R$ 3 milhões e será custeado pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). A obra é uma contrapartida do governo para a empresa, que entendeu a estratégia da secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sdec) de interiorizar o desenvolvimento e promover o equilíbrio da geração de riquezas. A notícia foi dada pelo governador Paulo Câmara ao presidente da Masterboi, Nelson Bezerra, e ao diretor administrativo da empresa, Miguel Zaidan, em reunião no Palácio do Campo das Princesas.

As obras estão em estágio avançado, com a terraplanagem já finalizada e cerca de 30% do cronograma cumprido.  O início das atividades está previsto para dezembro de 2021. A empresa vai investir R$ 90 milhões na implantação de um frigorífico industrial e um abatedouro. O andamento das obras, inclusive, tem mudado as expectativas da cidade. Para se ter ideia, o empreendimento vai gerar cerca de 800 empregos diretos. Quando estiver em plena atividade, o frigorífico terá uma capacidade de abater 550 gados por dia e processar 250 toneladas diárias de carne, entre bois, suínos, caprinos e ovinos. 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, destaca que entregar essa obra mostra o compromisso do governo de cumprir os contratos que assume. “Desde que assumi novamente a secretaria, fiz questão de reforçar o compromisso e garantir a entrega de projetos estruturadores para as empresas que entendem a missão do governo de Pernambuco de transformar vidas. A Masterboi vai ser o lastro econômico da cidade, vai empregar 800 pessoas, algo que representa a injeção de mais de R$ 1 milhão na economia de Canhotinho somente em salários. Estamos falando de uma cidade de menos de 25 mil habitantes, que entra definitivamente no PIB do Estado, fortalecendo a pecuária de corte e gerando oportunidades na indústria”, destaca. 

De acordo com o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, o papel da agência e do governo de Pernambuco será crucial nesta etapa das obras e para a consolidação do empreendimento. “Nosso desejo de fazer dar certo é enorme. O número de vidas impactadas positivamente é significativo. O empenho de nossas equipes é em fazer deste projeto, que um dia foi um sonho, a mudança de vida dessas pessoas para melhor”. 

“Nosso papel enquanto indústria genuinamente pernambucana é fomentar negócios saudáveis e sustentáveis. O frigorífico industrial em Canhotinho promoverá mais empregos formais e desenvolvimento social e econômico para a cidade e região. Vale ressaltar que contamos com o apoio irrestrito do Governo do Estado para viabilizar mais esse empreendimento estruturante Master, que impulsionará o progresso de Pernambuco”, destacou o diretor administrativo da empresa, Miguel Zaidan.

SOBRE A MASTERBOI - A empresa é pernambucana, com matriz no Recife, e há 19 anos atua no mercado nacional de processamento e distribuição de alimentos. Produz cortes especiais e, além dos produtos de marca própria,  atua com distribuição, exportação e importação. Seu mix é composto por mais de 700 itens, entre carnes bovinas, espetinhos, carne de sol, charqueados, aves, suínos, embutidos, laticínios, ovinos, pescados, crustáceos e vegetais. 

A Masterboi possui atualmente cinco unidades em Pernambuco, sendo um centro de distribuição e processamento e quatro lojas de atacarejo. Além disso, opera um CD na Paraíba e duas plantas frigoríficas industriais em Tocantins e no Pará, com capacidade de abate de 1,7 mil bois por dia. Todas as unidades frigoríficas têm certificação do SIF (Serviço de Inspeção Federal) e são habilitadas a exportar para mais de 45 países. Ao todo, emprega 2,7 mil funcionários nas suas unidades do Recife, São Geraldo do Araguaia (PA) e Nova Olinda (TO).

Fotos: reprodução / Google.
Fonte: Assessoria de Imprensa.