sexta-feira, 30 de abril de 2021

Brasil receberá 4 milhões de doses de vacinas da OMS neste fim de semana


O Brasil receberá, no fim de semana, 4 milhões de doses de vacinas do mecanismo da Covax, a aliança criada pela OMS (Organização Mundial de Saúda) para garantir que a distribuição de imunizantes pelo mundo possa ocorrer. O lote de vacinas que chegará ao Brasil será de imunizantes da AstraZeneca/Oxford. 

Fontes da agência mundial disseram à coluna que o Ministério da Saúde foi informado do envio na tarde desta sexta-feira (30). Em coletiva no fim do dia, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, detalhou o cronograma:

220 mil doses chegarão amanhã (1º). 

No domingo (2), virão os cerca de 3,8 milhões restantes, separados em dois voos --um com 1,7 milhão e outro com 2,1 milhões de doses. 

Queiroga destacou que o governo federal vai totalizar mais de 17 milhões de doses entre recebidas e distribuídas em cinco dias. 

A OMS negocia ainda o envio de mais 4 milhões de doses até o fim de maio. 

Atraso no carregamento

As vacinas são produzidas pela AstraZeneca, que tem fábricas na Índia e na Coreia do Sul. O temor era de que, com a crise recente na Índia, o abastecimento fosse afetado. No caso do Brasil, a previsão era de que 4 milhões de doses seriam enviadas em abril. Mas o carregamento acabou sofrendo um atraso relativamente pequeno, em comparação aos demais países. 

No total, o Brasil adquiriu 42 milhões de doses da vacina da Covax, o suficiente para atender a 10% da população nacional com duas doses por pessoa. Por enquanto, porém, o país recebeu apenas 1,2 milhão. 

A previsão da OMS era de que, até fim de maio, 10 milhões de doses dossem entregues ao Brasil. Mas o cronograma foi afetado diante da escassez do produto no mercado global.

Do Uol.