segunda-feira, 29 de março de 2021

Vereador denuncia baixa qualidade de EPIs em unidade de tratamento da Covid-19 no Recife


O vereador do Recife, Tadeu Calheiros (Pdms) alertou ao poder público que os equipamentos de proteção individual (EPIs), distribuídos na Policlínica Barros Lima, setor Covid19, são de baixa qualidade. 

Segundo denunciou na manhã desta segunda-feira (29), durante reunião Ordinária da Câmara do Recife, por videoconferência, as máscaras não têm três camadas, mas apenas duas, rasgando com facilidade e expondo os profissionais.

O vereador alertou que recebeu pareceres da direção  e de médicos do trabalho lotados na unidade, bem como de órgão específicos de controle de EPIs. Ele também disse que já estava discutindo esta pauta há um ano e que o assunto já deveria estar superado. Pare ele, a discussão agora deveria ser vacinação. Ele informou, ainda,  que mesmo estando vacinados estes profissionais precisam trabalhar devidamente protegidos, pois podem disseminar a doença. “A vacina não impede de contrair o vírus. Sabemos que a contaminação neste caso se dá de forma leve, sem agravamento, mas a transmissão continua existindo”.

O vereador ressaltou  que vai dar entrada a um requerimento solicitando providências urgentes do Executivo, e que também vai enviar para aos parlamentares os pareceres das entidades e dos profissionais, bem como as fotos que lhe foram enviadas por profissionais de saúde,  mostrando as máscaras rasgadas e com apenas duas camadas, inadequadas para o uso.

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Fonte: Blog PEem Pauta.