sábado, 20 de março de 2021

Vereador, cantor gospel e ex-Olodum, Irmão Lázaro morre na Bahia vítima da Covid-19

O vereador de Salvador Irmão Lázaro faleceu, aos 54 anos, na noite desta sexta-feira (19), após semanas de internação por conta da Covid-19. Segundo a assessoria do também cantor gospel, a doença havia indicado complicações no dia 25 de fevereiro, quando foi necessário interná-lo em um hospital na cidade de Feira de Santana, na Bahia. Irmão Lázaro estava intubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 25 de fevereiro. 

Carreira artística e política Irmão Lázaro foi integrante do Olodum na década de 1990, mas saiu do grupo após entrar na igreja evangélica. Entre os sucessos da carreira artística, estão canções como 'Eu te Amo Tanto', 'Deus Vai Fazer' e 'Meu Mestre', todas lançadas em 2008. 

Enquanto isso, a carreira na política começou entre 2015 e 2018, quando foi eleito deputado federal. Irmão Lázaro concorreu para o cargo de vereador de Salvador e venceu a eleição em 15 de novembro de 2020, com o total de 4.273 votos. 


HOMENAGENS - 
Logo após a morte de Irmão lázaro, familiares, amigos e políticos se manifestaram sobre o assunto para prestar homenagens ao artista. "Hoje a pessoa mais importante da minha vida se foi, o homem que eu mais amei e continuarei amando o resto da vida! O cara mais honesto e bondoso que já conheci, que me ensinou a amar a Deus acima de todas as coisas e que me amou como ninguém nunca amou!", escreveu a filha do baiano, Marta Silva.

O atual prefeito de Salvador, Bruno Reis, também citou o vereador, ressaltando como a pandemia tem causado a partida de diversas pessoas no Brasil. "Mais uma perda lamentável! Irmão Lázaro foi um artista fora de série que superou todos os desafios com sua sabedoria e talento", pontuou. 

Fonte: Diário do Nordeste.