quarta-feira, 3 de março de 2021

Suspeitos de sequestrar vice-prefeito de Olinda são presos, e organização criminosa desarticulada


Os suspeitos do sequestro-relâmpago do vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho (SD), na noite noite do dia 18 de fevereiro, foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco, na manhã da terça-feira (2), na 8ª Operação de Repressão Qualificada (ORQ), denominada "Quatro Rodas".

A operação foi supervisionada pela Chefia de Polícia Civil, vinculada à Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) e sob a Presidência do Delegado de Polícia Paulo José Berenguer de Barros, titular do GOE/DRACCO. As investigações foram iniciadas em agosto de 2020 e tiveram suporte e assessoramento da DINTEL/CIIDS, além da participação de 20 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

A investigação executou a prisão de dois alvos, e fez cumprir cinco mandatos (sendo 5 deles de presidiários e um de um alvo em liberdade), além de prisão e dois mandatos de busca e apreensão, nos municípios do Recife, de Barreiros e Igarassu.

"Pensava-se tratar de um sequestro, mas, com o aprofundamento das investigações, descobrimos que era uma organização criminosa altamente especializada em roubos e furtos de veículos. Conseguimos identificar oito indivíduos, sete foram presos na segunda", afirmou o delegado Paulo Berenguer, que informou sobre a continuidade das investigações para atingir novos desdobramentos.

Segundo o delegado, a quadrilha agia desde o segundo semestre de 2020 e a quantidade de roubos não pode ser divulgada ainda para não atrapalhar as investigações. Ele relatou que segundo as investigações apuraram, o grupo era bastante violento e chegava a agredir fisicamente as vítimas.

A ORGANIZAÇÃO - Dividida em três núcleos, a organização criminosa tinha um que dirigia o carro e planejava os crimes, os executores imediatos, ou seja, quem participava da ação armada, e os dois receptadores dos veículos, ambos da cidade de Barreiros. 

Os veículos eram roubados em Olinda, no Recife e em Barreiros. O grupo dava um destino para os veículos e existia uma vasta clientela. Normalmente, carros com alto valor de mercado e saída muito grande, a exemplo do carro sob a posse do vice-prefeito.

SEQUESTRO-RELÂMPAGO - O vice-prefeito de Olinda Marcio Botelho foi abordado quando parou para atender o celular logo após deixar um amigo em casa. Homens armados o levaram em seu próprio veículo, uma caminhonete Fiat Toro, na rua Santana, em Jardim Atlântico, Olinda, por volta das 22h, e, em seguida, o liberaram. Naquela mesma ocasião, foi autuado em flagrante delito a pessoa, e a Polícia recuperou o veículo Fiat Toro branco, que estava locado para a Prefeitura de Olinda-PE.

Em continuidade com as investigações policiais desenvolvidas pelo Grupo de Operações Especiais GOE/DRACCO, foi descoberta uma Associação Criminosa Armada composta de oito indivíduos, altamente especializada em roubos e receptação de veículos, atuante no Município de Olinda-PE e outras Cidades de Pernambuco. O grupo foi responsável pela prática de vários roubos a veículos ocorridos no segundo semestre de 2020.

Fonte: Folha de Pernambuco.