quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Municípios pernambucanos realizam adesão ao Cidade Pacífica, do MPPE


O Cidade Pacífica, projeto do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que incentiva municípios pernambucanos a desenvolverem ações concretas de promoção da sensação de segurança, iniciou tratativas com o Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Defesa Social de Pernambuco (Conseg/PE), que hoje é integrado por 11 municípios e prevê a adesão de vários outros. Com a ação, as cidades que ainda não tenham aderido ao projeto passarão a desenvolver ações integradas de combate à violência.

“O Cidade Pacífica é ação do planejamento estratégico do MPPE, introduzindo novas medidas e indicadores, como o ranking periódico dos municípios que aderiram ao projeto e reduziram a criminalidade. A segurança começa pelo município. Se ele não se preocupar, o estado não consegue absorver essa demanda toda. Na esfera estadual, contamos com o Pacto pela Vida, que tem foco maior na repressão, cabendo aos municípios a colaboração nesse processo por meio da adoção de medidas preventivas. O MPPE entende essa importância dos gestores municipais no processo de construção da cultura de paz e mantém diálogo constante com os prefeitos para propor atitudes simples e de baixo custo, mas que podem modificar a vida da população. Essa é a base do projeto Cidade Pacífica”, disse o coordenador do projeto, o assessor técnico da Procuradoria-Geral de Justiça de Pernambuco, Luis Sávio Loureiro
 
“Pela primeira vez um grupo de cidades, já consorciadas e de diversas regiões do Estado, poderão adotar ações conjuntas e otimizadas, criando mais uma força para o enfrentamento à violência urbana e rural. Isso irá facilitar o compartilhamento das medidas, estimulando uma participação mais efetiva dos municípios na resolução dos problemas que lhes são comuns”, concluiu Loureiro. O Conseg/PE, hoje, é integrado pelas cidades de Agrestina, Altinho, Jurema, Lajedo e Toritama, no Agreste; Catende, Cupira, Maraial e Palmares, na Zona da Mata; além de Betânia, no Sertão, e Moreno, na Região Metropolitana do Recife. 
 
Com o Cidade Pacífica, as cidades que integram o Conseg/PE estarão comprometidas em apresentar medidas distribuídas em eixos temáticos: Guarda municipal pacificadora; Segurança nos estabelecimentos comerciais/bancários; Esporte pacificador/Cultura/Lazer; Mesa municipal de segurança; Proteção integrada pacificando escolas; Empresas solidárias; Transporte pacificador; Iluminação pacificadora; Pacificando Bares e similares (operação Bar Seguro); e Juntos pela segurança na saúde / Covid-19, dentre outras.

Fonte: Assessoria de Comunicação MPPE.