terça-feira, 19 de janeiro de 2021

'É inadmissível que as pessoas inescrupulosas neguem a eficácia da vacina', diz arcebispo de Olinda e Recife, ao estimular imunização

“É inadmissível que pessoas inescrupulosas neguem a eficácia da vacina, estimulando a não aceitação da mesma”. A frase é do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Antônio Saburido, que gravou uma mensagem, nesta segunda (18), para incentivar a imunização .

O depoimento, postado nas redes sociais das Igreja Católica, foi divulgado horas antes de as vacinas enviadas pelo governo federal chegarem ao Recife.

No primeiro lote, o estado ficou com 270 mil doses. Com elas, será possível imunizar, duas vezes, 129 mil pessoas de grupos prioritários: pessoal de saúde, idosos em asilos e indígenas em aldeias.


No vídeo, o religioso celebrou a chegada da imunização ao Brasil. “Depois da longa espera, finalmente chegou o momento de iniciar a vacinação contra a Covid-19 em nosso país”, declarou.

Dom Saburido também destacou a importância de que “todos, seguindo os critérios adotados, tomem a vacina, visando o seu bem pessoal e o bem da comunidade”.

Para o arcebispo de Olinda e Recife, desestimular a vacinação “é uma atitude que representa falta de compromisso com a vida e nega a bondade de Deus, que deu inteligência ao homem para promover o bem”.

Ele também afirmou que está pronto para tomar a vacina. “Chegando a minha vez, estarei pronto para receber a vacina e agradecido a Deus e a todos os cientistas que pesquisaram na busca da solução de combate à pandemia”.

Por fim, dom Fernando Saburido lembrou uma frase do Papa Francisco: “A vacina é questão ética, porque você aposta na saúde, na sua vida, mas também na vida dos outros”.

Ele aproveitou para mandar um recado para toda a comunidade: “Feliz vacinação para todos e todas”.

Do G-1 PE.