quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Ciro defende renúncia de Bolsonaro e sugere medidas para a recuperação econômica

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) usou as redes sociais nesta terça-feira 5 para criticar a declaração de Jair Bolsonaro de que "o Brasil está quebrado" e que, por isso, não consegue “fazer nada”.

Ciro disse que Bolsonaro deveria “assumir sua total incompetência e renunciar”.

O pedetista apresentou também uma série de medidas “para recuperar a economia do País”. Entre elas, “passar o pente fino em 300 bilhões de reais de renúncias fiscais”.

Ciro ainda defendeu a adoção de um imposto sobre heranças, a tributação de grandes patrimônios – “acima de 20 milhões de reais” -, um Imposto de Renda progressivo, a revogação do teto de gastos e um plano efetivo de vacinação.

“A retomada da economia somente será possível quando a pandemia for controlada”, finalizou o ex-ministro.

Da Carta Capital