quinta-feira, 5 de abril de 2018

PM ganhou 1.500 novos soldados para reforçar segurança. Batalhão de Surubim, nenhum.


Não preciso ser especialista em segurança pública ou mesmo dispor de dados oficiais para se afirmar com plena convicção, que o efetivo de policiais é bem reduzido para suprir a demanda de Surubim e municípios da região. As pessoas sentem esta realidade na própria pele, quotidianamente. A violência assusta e segue fazendo vítimas.

O 22o Batalhão da Polícia Militar, tem atuado com esforço para conter o crime, entretanto, nem mesmo a constante presença do atual efetivo nas ruas, parece suprir as necessidades dos quatorze municípios atendidos pelo batalhão de Surubim.    

O mais recente reforço no efetivo da Polícia Militar ocorreu no segundo semestre do ano passado, quando 1.500 (mil e quinhentos) novos soldados passaram a atuar nas ruas. A formatura da conclusão do curso foi presidida pelo governado Paulo Câmara(PSB).

"O povo pernambucano quer policiais nas ruas e essa resposta nós estamos dando hoje, com 1.500 novos formados. São homens e mulheres que atuarão não só na Região Metropolitana, mas serão distribuídos para as demais regiões. Todo o Estado vai receber parte desse efetivo para aumentar a segurança de cada município", declarou na ocasião.


SQN - Mas apesar de declarar que os novos soldados seriam distribuídos para todo o estado, mesmo com toda demanda de Surubim e região, nenhum desses 1.500 militares foi lotado no 22o batalhão.

"Não estava previsto nenhum policial militar remanescente dessa última turma de mil e quinhentos formados no ano passado, para integrar o efetivo do 22•BPM. Da Zona da Mata e Agreste só quem recebeu foi Nazaré da Mata, Vitória, Tamandaré e Garanhuns", informou um integrante da corporação, que conversou em reserva com nossa reportagem.

O reforço da segurança nessas cidades foi destaque na publicidade institucional do governo do estado.   

Recentemente, o governado Paulo Câmara (PSB), nosso ilustre ex-morador, esteve em Surubim para inaugurar um grupamento do Corpo de Bombeiros, acompanhado pelos deputados surubinenses, estadual e atual secretário da Casa Civil, Nilton Mota(PSB), federal Danilo Cabral(PSB) e da prefeita Ana Celia Farias(PSB). 

Mas nem o chamado alinhamento político, nem o 'prestígio' de Surubim no governo socialista foi suficiente para reforçar o efetivo do batalhão da cidade.

RESPOSTA - Nossa reportagem conversou com a 5a sessão, responsável pela assessoria de imprensa da PMPE. De acordo com a PM, o 22o Batalhão de Surubim só deve receber novos militares, quando a próxima turma de soldados se formar, ainda neste ano. Confira o texto da nota oficial da PMPE:

Nota oficial:

A Polícia Militar informa que o 22º BPM não recebeu reforços recentes, mas isso deverá acontecer muito em breve, após a chegada de cerca de 1.200 novos policiais, que estão se formando e devem ingressar na Corporação ainda este mês. A definição sobre o número de PMs que serão destinados para cada Batalhão ainda depende de um estudo detalhado das necessidades de cada um, de maneira a beneficiar a população de todas as regiões do Estado.



Fotos: Reprodução/ Facebook Pref.Surubim / Governo de PE.
Da Redação.