terça-feira, 24 de abril de 2018

Lava Jato faz buscas no gabinete do deputado Eduardo da Fonte



A Polícia Federal (PF) cumpre mandados na Câmara dos Deputados, em Brasília, nesta terça-feira (24). Os mandados foram autorizados pelo ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, e a operação foi deflagrada em conjunto com a Procuradoria Geral da República (PGR). O alvo é o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE).

Os agentes também cumprem um mandado de buscas no gabinete do senador Ciro Nogueira, presidente do PP. A PF comunicou aos presidentes da Câmara e do Senado para entrar nas Casas. Também é cumprido um mandado de prisão contra um ex-deputado, Márcio Junqueira.

Eduardo da Fonte é investigado por suposta prática de associação criminosa (artigo 2.º da Lei 12.850/2013), juntamente com outros os parlamentares do PP: Aguinaldo Ribeiro, Arthur Lira, Benedito de Lira, Ciro Nogueira, José Otávio Germano, Luiz Fernando Faria e Nelson Meurer.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal, em setembro de 2017, os parlamentares seriam integrantes do núcleo político de uma organização criminosa voltada ao cometimento de delitos contra a Câmara dos Deputados, entre outros, visando 'a arrecadação de propina por meio da utilização de diversos órgãos públicos da administração pública direta e indireta'.
Fonte: Conteúdo Estadão.