sexta-feira, 30 de março de 2018

Perdeu o prazo da biometria? Regularize a situação em abril




Durante todo o mês de abril, o eleitor poderá procurar o cartório ou posto eleitoral de sua cidade para regularizar a situação, fazer o recadastramento biométrico e votar tranquilamente nas Eleições de outubro.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) encerrou na terça-feira (27/03) o prazo para o recadastramento biométrico do Ciclo 2016-2018 em vinte cidades, entre elas Surubim e Casinhas. Mas quem perdeu o prazo não precisa se preocupar.

O TRE finalizou o recadastramento formal em Agrestina, Belém de São Francisco, Bodocó, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Carpina, Casinhas, Exu, Flores, Gameleira, Lagoa do Carro, Mirandiba, Riacho das Almas, Ribeirão, Sairé, São José do Belmonte, São José do Egito, São Lourenço da Mata, Surubim, Triunfo.

É importante lembrar que o Recife e outros municípios já fizeram a biometria. Portanto, quem já se identifica usando as digitais na hora de votar, não precisa fazer um novo recadastramento. No caso de Jaboatão dos Guararapes, a biometria só começará em 2021.

SEGUNDA CHANCE - Se o eleitor vota num dos municípios onde a biometria terminou e, por algum motivo, não conseguiu fazer o recadastramento pode comparecer à unidade da Justiça Eleitoral já a partir da próxima segunda-feira, dia 2 de abril.

É preciso levar documento de identidade, comprovante de residência e, para homens acima de 18 anos, Certificado de Alistamento Militar (CAM). Com isso, o título eleitoral (que foi cancelado por causa da perda do prazo) será novamente validado.

Vale destacar que no dia 9 de maio próximo, o cadastro eleitoral será fechado. Aí, sim, quem não se recadastrou, sofrerá grandes transtornos porque o título continuará cancelado. Com isso, além de não poder votar nas Eleições de outubro, poderá haver restrições no CPF e a perda de benefícios de programas sociais como o Bolsa Família. Com o título cancelado, o cidadão deixa de obter matrículas em instituições públicas de ensino e será impedido de tomar posse em cargo público. Também deixará de obter ou renovar passaportes, entre outros impedimentos.

Diante de tantos transtornos, a dica para aqueles que perderam o prazo da biometria, é: aproveite o mês de abril e compareça ao posto da Justiça Eleitoral da sua cidade.

Durante todo o mês de abril, o eleitores poderão também: a) mudar de cidade (transferência do domicílio eleitoral); b) regularizar pendências (multas); c) atualizar dados (endereço, estado civil, profissão, grau de instrução etc); d) solicitar certidões, ou e) fazer o primeiro alist - mento (maioria dos jovens entre 16 e 18 anos).

NÚMEROS - Para este ciclo biométrico (2016/2018) o TRE convocou cerca de 935 mil eleitores em 38 cidades pernambucanas (os prazos de encerramento foram variados).

Até a última segunda-feira (26/03), cerca de 800 mil eleitores fizeram o recadastramento, o que dá um percentual de 85,6%. A participação está acima da meta fixada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determina um índice de 80% nas cidades com mais de 100 mil eleitores. O TRE-PE supera os 80% em todas as cidades.

Até 9 de maio próximo, quando será fechado o cadastro eleitoral, a estimativa é que o número de atendidos, no geral, aumente e chegue a 850 mil eleitores.

Pernambuco tem, atualmente, cerca de 6,6 milhões de eleitores. Destes, 4,6 milhões já foram biometrizados nos cinco ciclos que já ocorreram. Os 2 milhões restantes serão recadastrados nos dois ciclos que ainda acontecerão (2019/2020) e (2020/2021).

SERVIÇO:

Cartório Eleitoral:
Casinhas - Praça Nossa Senhora da Dores, 49 – Centro - Fone: (81) 3634-9370
Surubim - Rua Euclides José da Silva, s/n - Centro - Centro - Fone: (81) 3194.9034 / 3194-9734 / 3624.1720

Fonte: Assessoria de Comunicação