quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Situação da Barragem de Jucazinho será debatida em audiência em Limoeiro



Os problemas estruturais da Barragem de Jucazinho, no Agreste Setentrional, serão discutidos pelo Parlamento Estadual na próxima terça (31), às 10h, na Câmara Municipal de Limoeiro. A audiência pública vai ser realizada conjuntamente pela Comissão de Meio Ambiente e pela Frente Parlamentar de Perenização, Despoluição e Revitalização da Bacia do Rio Capibaribe.

Confira também, no Blog:

SURUBIM: Jucazinho corre risco de romper, diz relatório anual da Agência Nacional de Águas

Reforço da estrutura do paredão de Jucazinho custou R$ 8,2 milhões. Outros R$ 35 milhões serão gastos em "obras de modernização da barragem", prevê ministério da Integração Nacional

Jucazinho, 3º maior reservatório de água de PE, está em colapso há um ano

De acordo com o presidente da Comissão de Meio ambiente, deputado Zé Maurício (PP), o foco do debate são as obras de recomposição da estrutura do reservatório, atualmente em volume morto. “Também representa uma oportunidade de buscar alternativas para a Bacia do Capibaribe, responsável pela alimentação da barragem”, antecipou.

Ainda durante a reunião do colegiado na manhã desta quarta (25), José Humberto Cavalcanti (PTB) lançou a proposta de que cada deputado estadual destine R$ 20 mil em emendas parlamentares para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente. “O recurso pode ser utilizado em ações concretas voltadas à recuperação do Rio Capibaribe”, sugeriu.

Na ocasião, também foi aprovada proposta da deputada Laura Gomes (PSB) para instituir o Dia Estadual do Rio Ipojuca no Calendário Oficial do Estado, a ser comemorado anualmente em 9 de maio (PL n. 1641/2017). Outros quatro projetos de lei foram distribuídos para receber parecer.

Fonte: Alepe.