quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Brasil: Papa envia mensagem pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida


O Papa Francisco enviou hoje uma mensagem aos católicos do Brasil por ocasião da comemoração dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, nas águas do Rio Paraíba do Sul.
“O Brasil, hoje, necessita de homens e mulheres que, cheios de esperança e firmes na fé, deem testemunho de que o amor, manifestado na solidariedade e na partilha, é mais forte e luminoso que as trevas do egoísmo e da corrupção”, refere o pontífice.

Francisco recorda a sua passagem pelo santuário mariano brasileiro em 2013, altura em que manifestou o desejo de estar em Aparecida neste ano jubilar.

“A vida de um Papa não é fácil. Por isso, quis nomear o cardeal Giovanni Battista Re como delegado pontifício para as celebrações do dia 12 de outubro. Confiei-lhe a missão de garantir assim a presença do Papa entre vocês”, explica.

A mensagem deixa um apelo à esperança, sobretudo perante “as situações de desespero”, e à vivência dos valores da “espiritualidade, na generosidade, na solidariedade, na perseverança, na fraternidade, na alegria”.

“Que essa alegria que irradia dos seus corações transborde e alcance cada canto do Brasil, especialmente as periferias geográficas, sociais e existenciais que tanto anseiam por uma gota de esperança”, deseja, antes de sublinhar que um cristão “nunca pode ser pessimista”.

Já esta quarta-feira, o Papa tinha sido assinalado no Vaticano os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida e rezou pelo Brasil, falando num “momento difícil” para o país.

“A história dos pescadores que encontraram no Rio Paraíba do Sul o corpo e depois a cabeça da imagem de Nossa Senhora, e que foram em seguida unidos, lembra-nos que neste momento difícil do Brasil, a Virgem Maria é um sinal que impulsiona para a unidade construída na solidariedade e na justiça”, declarou, durante a audiência pública semanal, na Praça de São Pedro.

CONFIRA O VÍDEO:


Francisco nomeou o cardeal Giovanni Battista Re como seu legado para as celebrações do terceiro centenário do encontro da imagem de Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil.

O enviado especial entregou, em nome do pontífice, uma Rosa de ouro como símbolo da devoção do pontífice “à rainha do Brasil e do seu afeto ao povo brasileiro”.

O Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, considerado o maior dedicado a Maria, localiza-se no Vale do Paraíba, no eixo Rio de Janeiro – São Paulo – Minas Gerais.

A imagem ali venerada foi encontrada em 1717 por três pescadores, que no porto de Itaguaçu viram nas suas redes o corpo de uma estátua partida, na altura do pescoço e, num segundo momento, a cabeça: juntando as duas partes, viu-se que se tratava da Senhora da Conceição.

Por assim ter aparecido, o povo chamou-a de ‘Aparecida’, nome consagrado pela devoção popular, que a levou a ser proclamada rainha (1904) e padroeira do Brasil (1930), sendo o santuário declarado de âmbito nacional (1984).

João Paulo II visitou Aparecida em 1980 e Bento XVI em 2007.

Foto: Agência O Globo
Fonte: Agencia Ecclesia.