sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Estudantes da rede pública são premiados na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática

CPM - Letícia Cassiano, representante do Colégio da Polícia Militar, com o governador Paulo Câmara




Estudantes, professores, gestores e secretários municipais das escolas públicas de Pernambuco participam da solenidade de premiação regional da 12° Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP, no Teatro Beberibe, Centro de Convenções de Pernambuco. A OBMEP é dirigida às escolas públicas municipais, estaduais e federais com matrícula de estudantes do sexto ao nono ano do ensino fundamental e dos três anos do ensino médio. Também são premiados pela Olimpíada professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacam em virtude do desempenho dos alunos.

Em Pernambuco, 16 estudantes serão agraciados com medalha de ouro (três da rede estadual), 47 receberão medalha de prata (14 da rede estadual) e 114 serão premiados com medalha de bronze (58 da rede estadual). Outros 1.219 estudantes receberão menção honrosa, sendo 769 estudantes da rede estadual. Também serão homenageados 24 professores, 29 escolas e dois municípios do Estado.

PREMIAÇÃO: aluna Letícia Cassiano, governador Paulo Câmara e coronel Alberto Cassiano, comandante do CPM




A competição é um estímulo ao estudo da matemática nas redes públicas da educação básica de todo o país. Para incentivar a participação, produz e distribui material didático, oferece bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento aos educadores, escolas e secretarias. Desde a primeira edição da OBMEP, em 2005, idealizada pelo ex-ministro de Ciência e Tecnologia e ex-governador do Estado Eduardo Campos, os estudantes da rede estadual de educação vêm se destacando. Em 2005 foram 22 medalhistas e esta última edição já somam 75 medalhistas.


Para a 13° edição da OBMEP, as escolas privadas também estão inseridas na competição. Realizada em duas fases, a primeira ocorreu no dia 06 de junho nas próprias escolas. A segunda está marcada para 16 de setembro de 2017, com questões dissertativas, aplicadas em locais definidos pela coordenação da OBMEP e corrigidas por professores indicados pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). No dia 30 de novembro, os resultados serão divulgados na página da Olimpíada na Internet. Os medalhistas terão oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PICOBMEP), que será realizado em 2018. A cada ano, a Olimpíada também prepara 30 medalhistas de ouro para competições internacionais.

COMPETÊNCIA PADRÃO: repórter Mônica Silveira fez cobertura para TV Globo 
A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Fotos: Divulgação / WhatsApp / Zegas Photo
Fonte: Governo de PE.