sábado, 3 de junho de 2017

Sobe para 47,4 mil número de desabrigados e desalojados devido às enchentes em Pernambuco


Até o fim da noite da sexta-feira (2), Pernambuco registrou 3.482 desabrigados e outros 43.995 desalojados devido às enchentes que levaram transtornos à Mata Sul e ao Agreste do estado.

Ao todo, 47.477 pessoas que precisaram deixar as residências. O número representa um aumento em relação à estatística divulgada na quinta (1º), quando havia 46.131 pessoas fora de casa devido aos transtornos causados pela chuva.

De acordo com o coordenador executivo de Defesa Civil de Pernambuco, tenente coronel Luiz Augusto, os números podem oscilar porque as equipes do órgão permanecem fazendo vistorias em áreas de difícil acesso. “A ideia é identificar se há mais casas que oferecem risco de desabamento e direcionar as pessoas para abrigos”, explica.

Em relação à ajuda humanitária prestada às vítimas das enchentes prestada durante seis dias, já foram entregues 80 toneladas de alimentos, 66 mil litros de água e outras 24,5 toneladas de roupas. Também foram entregues 1.540 kits de limpeza e 5.935 colchões às pessoas que estão em abrigos.

PE contabiliza seis mortos devido às chuvas

O Corpo de Bombeiros confirmou na tarde desta sexta-feira (2) a morte de uma mulher devido às chuvas em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Ela estava desaparecida desde o sábado (27). Com este caso, o número de mortos no estado subiu para seis. As outras mortes foram duas no Recife, duas no município de Lagoa dos Gatos e uma em Caruaru.

De acordo com os Bombeiros, a vítima foi localizada embaixo da Ponte Irmã Jerônima, no Bairro do Riachão. A Defesa Civil informou que a mulher foi levada pela água dentro de um carro, que foi encontrado no domingo (28).

No estado,  são 31 municípios afetados, dos quais 24 estão em situação de emergência.

Fonte: G1 Caruaru.