sexta-feira, 2 de junho de 2017

Onde a Prefeitura de Surubim deve comprar a merenda das escolas do Município? No Recife, em Igarassu ou no comércio da própria cidade?


Onde a Prefeitura de Surubim deve comprar a merenda oferecida aos alunos das escolas da Rede Municipal de Ensino? No Recife, em Igarassu, ou aqui mesmo, no comércio da cidade?

Em questão, exatos R$ 2.637.681,10 (dois milhões, seiscentos e trinta e sete mil, seiscentos e oitenta e um reais, e dez centavos). Por um período de até seis meses. 

Este é o valor total dos contratos firmados pela Prefeitura de Surubim com duas empresas, para fornecimento de merenda escolar, com dispensa de licitação, por um "período de até 180 dias, ou até a conclusão do processo licitatório", conforme texto do edital.

A "empresa KF Cavalcanti - EPP" foi contratada "para o fornecimento de alimentos não perecíveis (LOTE I) , hortifrutigranjeiros (LOTE III) e pães e bolos(LOTE IV)", pelo "valor global de R$ 1.774.591,10 (um milhão, setecentos e setenta e quatro mil, quinhentos e noventa e um reais e dez centavos)".

Já a empresa "Apoena Comercio de Alimentos Ltda, foi contratada para o fornecimento de alimentos perecíveis de origem animal (LOTE II)", pelo "valor global de R$ 863.090,00 (oitocentos se sessenta e três mil e noventa reais)".



Não se sabe por quais critérios, nem os motivos que as credenciaram como fornecedoras, sem licitação, da Prefeitura de Surubim. 

De acordo com o site da Receita Federal, a KF Cavalcanti - EPP está localizada  no bairro do Cordeiro, na zona oeste do Recife.


Já Apoena Comércio de Alimentos, está localizada em um loteamento no distrito de Nova Cruz, no município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.


Em época de crise econômica, gastar mais de R$ 2,6 milhões fora de Surubim, faz muita falta à economia local. Esse dinheiro precisa circular aqui na cidade.

Surubim sempre teve um comércio referência na região. Ao fazer essa compra fora, a Prefeitura desprestigia os empreendedores e as empresas locais, que podem fornecer todos os itens previstos. Além disso, a atitude não contribui em nada para estimular a geração de emprego e renda em Surubim, um dos compromissos assumidos pela gestão.

Fonte: Da Redação.