quarta-feira, 31 de maio de 2017

Fornecimento de energia na Zona da Mata Sul de Pernambuco entra em regime de normalidade


Com exceção das localidades que permanecem isoladas, o fornecimento de energia na Zona da Mata Sul pernambucana está praticamente em regime de normalidade. A trégua das fortes chuvas na região permitiu à Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) avançar com o trabalho de recomposição da rede elétrica afetada pelas inundações e condições climáticas adversas. No total, mais de 750 profissionais compõem o contingente que está atuando nos municípios mais castigados pelos temporais. As turmas de prontidão receberam, inclusive, reforço de equipes técnicas que foram deslocadas de outras áreas do Estado.

Pontos em Barreiros, em decorrência da impossibilidade de acesso ou por questão de segurança, continuam sem fornecimento. Algumas localidades permanecem alagadas, comprometendo o restabelecimento da energia. Os técnicos também estão trabalhando em casos de falta de energia individuais. Não há registro de interrupção em nenhum grande circuito de média tensão que supre as cidades da Mata Sul do Estado.

Os 24 municípios que, atualmente se encontram em situação de emergência, recebem, desde domingo, atenção prioritária da concessionária. A operação da Celpe para recomposição do sistema permanece nas regiões da Mata Sul e no Agreste com 11 turmas de manutenção de alta complexidade e 330 equipes destinadas para atuar em serviços leves. O levantamento dos ativos da rede elétrica danificados pelas inundações está sendo catalogado pela empresa.

Com a estiagem, o trabalho da concessionária continua nas áreas atingidas pelas enchentes. A estimativa da Celpe é que mais de 2.000 medidores foram danificados pela água e precisarão ser substituídos por novos. Técnicos estão orientando os moradores das áreas afetadas a solicitarem inspeção por especialistas das instalações elétricas dos imóveis. A preocupação se faz necessária, uma vez que paredes, tomadas e interruptores ainda úmidos aumentam o risco de vazamento de corrente elétrica nas moradias e, consequentemente, curtos-circuitos e acidentes por choque elétrico. Em caso de interrupções de energia, o cliente deve acionar a concessionária pelo número 116 ou pelo aplicativo Celpe.  

DOAÇÕES – Em solidariedade às famílias desabrigadas pelas intensas chuvas registradas no Estado, a Celpe lançou campanha de arrecadação de donativos. As 38 Lojas de Atendimento da empresa já estão funcionando como pontos de arrecadação de água mineral, alimentos não perecíveis e roupas. Todo o material recolhido será destinado à população dos municípios atingidos pelas inundações. Os donativos serão distribuídos em parceria com a ONG Novo Jeito.

Foto: G1 PE
Fonte: Assessoria de Imprensa Celpe.