quinta-feira, 16 de março de 2017

QUASE MIL ASSASSINATOS EM DOIS MESES: Violência recorde em Pernambuco


Nos primeiros 59 dias de 2017, 977 pessoas foram assassinadas em Pernambuco. O número é 47,7% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 661 pessoas foram mortas. 

Os dados são da Secretaria de Defesa Social (SDS). O secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, fez o anúncio durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta (15). Gioia reconheceu o aumento de assassinatos e afirma que as mudanças promovidas recentemente na estrutura policial, especialmente a descentralização das investigações, resultaram na diminuição desses números.

A violência no Estado já vinha apresentando índices alarmantes. Dezembro de 2016 havia sido considerado o mês mais violento dos últimos dez anos, com 472 assassinatos. Em janeiro deste ano, a estatística voltou a crescer, com 479 homicídios. O número disparou em fevereiro de 2017 e passou a liderar o ranking, com 497 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), uma média de 17,75 mortes por dia. 

A última vez que um número tão alto havia sido contabilizado foi em janeiro de 2007, quando houve 459 assassinatos. Na época, o Pacto Pela Vida (PPV) ainda não havia sido lançado. Os dados não são uma surpresa para a SDS. Uma projeção feita no início da segunda quinzena de fevereiro já apontava que o mês dos Festejos de Momo deveria acabar com uma média de 500 assassinatos. 

PPV em crise

O total de crimes ocorridos em 2016 - 4.479 - expõe a pior crise do Pacto Pela Vida, programa que, em maio, chegará a uma década de implantação. No mesmo período de 2015, foram 3.889 homicídios. Confira os números ano a ano:

Ano – Assassinatos
2006 - 4.634
2007- 4.591
2008 - 4.528
2009 - 4.018
2010 - 3.509
2011 - 3.507
2012 - 3.321
2013 - 3.100
2014 - 3.434
2015 - 3.889
2016 - 4.479


Fonte: Folha de PE.