quinta-feira, 23 de março de 2017

Polícia prende um dos torturadores da adolescente em Santo Amaro


Foi preso na noite de quarta-feira (22) um dos suspeitos de torturar uma adolescente de 17 anos no bairro de Santo Amaro, no centro do Recife, e divulgar o vídeo com agressão nas redes sociais. O caso ocorreu na segunda-feira (20) e, na quarta-feira, a jovem recebeu alta do hospital da Restauração, na área central da capital, e foi encaminhada a um centro de apoio do Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas. A polícia está nas ruas buscando os outros homens.

Felipe Henrique Matos, de 22 anos, foi preso por volta das 21h de quarta-feira, no bairro de Sítio Novo, em Olinda, na casa onde mora. Um dos envolvidos nas investigações, o delegado Erivaldo Guerra afirma que o homem é o que aparece cortando o cabelo da adolescente no vídeo divulgado na internet. Segundo o delegado Joel Venâncio, que participou das diligências, o agressor confessa o crime.

Segundo o delegado Diego Acioli, responsável pela investigação do caso, foi confirmada como motivo da agressão a rivalidade de gangues no bairro de Santo Amaro, no centro da capital. Ainda de acordo com Acioli, a vítima prestou depoimento nesta quarta-feira.

A polícia explicou que já tem alguns suspeitos e que a jovem, após receber alta do hospital, foi encaminhada diretamente a um centro de acolhimento, cujo local nem a polícia sabe, só o próprio programa de proteção. A adolescente foi gravemente ferida e humilhada porque morava na comunidade do Campo do Onze e se mudou para a comunidade Ilha do Joaneiro.

Segundo o hospital, a jovem estava em observação por apresentar muitos hematomas pelo corpo. O caso foi registrado como tentativa de homicídio, mas, segundo o delegado, como os agressores a liberaram, o fato será tratado como tortura e lesão corporal grave. De acordo com Acioli, a conduta dos acusados será individualizada porque a polícia quer prender quem gravou e divulgou o vídeo.

Fonte: G1 - PE / Jornal Commercio / Folha de PE.