segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Priscila Krause: 'Estado respira com ajuda de aparelhos. Todo investimento de PE depende do Governo Federal'. Para deputada, gestão 'mostra realidade que não existe'


A preocupação com o quadro fiscal de Pernambuco foi expressada em pronunciamento da deputada Priscila Krause (DEM), em pronunciamento na Assembleia Legislativa. Na análise da parlamentar, “o Estado respira com ajuda de aparelhos”.
Com avaliação subsidiada por dados do Portal da Transparência do próprio Governo do Estado, a democrata afirmou que, “praticamente, toda a receita do Estado é destinada a custeio, e todo o investimento de Pernambuco depende dos repasses do Governo Federal”. 
A deputada também acusou a gestão estadual de “confundir a população”, ao misturar conceitos e dados técnicos em seu balanço prévio. “É do feitio do atual Governo mostrar uma realidade que não existe”, ressaltou.
Pelos dados apresentados por Priscila, a despesa do Poder Executivo com pessoal passará de R$ 12,15 bilhões para R$ 13,4 bilhões este ano. Assim, a proporção dos gastos com o funcionalismo em relação à Receita Corrente Líquida (RCL) ultrapassará o limite de alerta (44,1%), previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), chegando a 45%. Segundo a deputada, o Governo declarou que está abaixo do limite prudencial (46,55%).
Ainda na tribuna, a parlamentar avaliou que “todo o esforço de arrecadação tem atendido a um modelo baseado nas perspectivas do Governo do Estado, que não são necessariamente as da sociedade”, pontuou.
Fonte: Imprensa Alepe.