quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Integração FM demite profissionais


A rádio Integração FM demitiu os profissionais de Jornalismo e Locução, nesta quarta-feira (11), surpreendendo toda a equipe da empresa.  Presente em mais de 80 municípios do interior dos estados de Pernambuco e da Paraíba, a emissora passa a produzir informação sem jornalista profissional.

Os profissionais foram informados da demissão ao chegar para o trabalho. Foram demitidos os jornalistas Fabiano Miranda e Cintia Barros, e a radialista e locutora Claudiana Silva.

A emissora fica agora com uma equipe de profissionais bem enxuta, formada pelos radialistas: Alan Lucena (locução/informação); César Nascimento(locução/esportes), Fabiano Wanderley (locução/prod.comercial) , Eduardo Gomes (reportagem) e Amós Filho (folguista). Os demais comunicadores são terceirizados.

De acordo com os colaboradores, a direção da emissora alegou problemas financeiros na empresa, provocados pela queda do faturamento.  As demissões deixaram 'um clima de velório' na emissora. Os profissionais administrativos não demitidos tiveram redução de jornada e de salários.

A crise econômica atingiu diversas empresas de comunicação no país, e tem provocando várias demissões no setor, inclusive em rádios de redes nacionais, consideradas empresas de grande porte. 

Por aqui, fica difícil imaginar se fazer Jornalismo sem jornalista. É o mesmo que pensar oferecer Medicina sem médico ou de se garantir o Direito, sem o advogado. Mas é assim, que a Integração FM passa a produzir informação para os ouvintes.

Os profissionais que ficam na emissora já se sentem sobrecarregados, uma vez que agora não só irão apresentar os programas, mas também deverão assumir toda retaguarda, acumulando todas as atividades de produção, além de suprir no ar, os horários dos profissionais dispensados.

A emissora não vai entrar em cadeia com nenhuma rede, mas a programação deve receber alguns enlatados na grade. Os programas de informação devem passar a ter foco mais comunitário. Uma nova programação deve ser apresentada na próxima segunda feira (16).