quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Raquel Lyra anuncia secretariado de Caruaru


A prefeita eleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), apresentou oficialmente nesta quarta-feira (28), o nome dos secretários que vão integrar a equipe de governo da prefeitura durante a sua gestão. Ao todo serão 13 secretarias que irão formar o futuro governo, a partir do dia 1º de janeiro. O anúncio foi feito no WA Hotel.

Entre os nomes que irão compor as secretarias estão: Rubens Júnior na Secretaria de Governo; Diogo Bezerra na Secretaria da Fazenda; Margarida Ferreira Lima na Secretaria de Administração; Rubén Pecchio na Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão e Ana Maria Albuquerque na Secretaria de Saúde; Fernando Silva na Secretaria de Desenvolvimento Social, Inclusão e Direitos Humanos e Nyadja Menezes assume a Secretaria de Urbanismo e Obras.


A prefeita eleita nomeou ainda Humberto Correia Lima Júnior na Secretaria de Serviços Públicos; Coronel Luiz Aureliano na Secretaria de Ordem Pública; Perpetua Dantas na Secretaria de Políticas para Mulheres; João Melo Neto na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa; Diogo Cantarelli na Secretaria de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural e Lúcio Omena na presidência da Fundação de Cultura e Turismo

Raquel também informou que a Procuradoria Geral do Município será comandada por Túlio Vilaça, a chefia de gabinete ficará por conta de Chussely Souza, a Controladoria do município com Cláudia Correia e a comunicação da prefeita eleita passa a ser vinculada à Secretaria de Governo, com os jornalistas Hélio Júnior na Secretaria Executiva de Comunicação e Ricardo Almoêdo na Secretaria Executiva de Imprensa.


Durante o anúncio, Raquel Lyra falou como foi feita a escolha da equipe de governo. “Analisamos os critérios de idoneidade e lisura, experiência, competência administrativa e técnica dos profissionais. Tenho a confiança que esta equipe vai me ajudar a garantir todos os nossos compromissos firmados durante a campanha com o povo de Caruaru. São profissionais capacitados para modernizar a gestão de nossa cidade e garantir o funcionamento de todos os serviços nos diversos setores”, destacou.

Raquel ressaltou ainda sobre a diminuição do número de secretarias de 18 para 13. Ela informou que essa medida irá diminuir os custos, modernizar a máquina pública, mas com o objetivo focado na qualidade dos serviços. “O governo municipal vai ter mais eficiência e agilidade nas suas atividades, com redução de despesas, mantendo a qualidade no que é entregue à população”, pontuou.

Fonte: Assessoria de Imprensa.