sábado, 3 de dezembro de 2016

"É preciso resgatar a credibilidade da classe política", diz prefeita reeleita de João Alfredo, Maria Sebastiana.


A prefeita de João Alfredo, Maria Sebastiana (PSD), é a convidada deste sábado (4) do programa Bate Papo com a Cidade, apresentado pelo jornalista Fabiano Miranda, na Rádio Integração FM, de Surubim. A entrevista acontece, ao vivo, a partir do meio dia.

Em pauta, um balanço do mandato que está terminando no final desse mês e as perspectivas para a próxima gestão. Contrariando a tendência do eleitor de votar pela mudança, a prefeita foi umas das poucas entre os prefeitos que disputaram reeleição, que conseguiu emplacar o discurso da continuidade e saiu com vitória das urnas.

Com a experiência de quem vai iniciar um terceiro mandato, a prefeita destaca que é preciso que os gestores estejam atentos ao momento específico que o país vive, marcado pela crise econômica, mas, sobretudo, que compreendam a cobrança ética, recado que o eleitor deixou muito claro nas urnas.

"É preciso resgatar a credibilidade da classe política, o eleitor exige isso, e mandou esse recado de maneira muito clara nessa eleição. A crise deixou os municípios numa situação muito complicada, e é preciso ter muito equilíbrio, força de vontade, criatividade, gerenciar com firmeza, ir em busca do recurso, colocar a gestão para andar, se não o município não anda", afirma.

Maria Sebastiana considera importante aplicar os recursos em ações estruturadoras. Com poucos recursos, nesta gestão a prefeita priorizou o equilíbrio das contas e os investimentos em educação, saúde e desenvolvimento local.

"Educação é a base de tudo, então em João Alfredo construímos a maior escola pública municipal do interior, lembando que há 40 anos o Município não construía uma escol, e tiramos 1.500 alunos de anexos. Estamos levando saúde para as comunidades, construindo quatro postos de saúde e reformando outros quatro. O hospital do município, na epidemia da dengue, atendia 300 pessoas por dia, enquanto muitos municípios fecharam seus hospitais porque não podiam manter. Também fizemos o novo curral da feira de gado, que é uma das maiores de PE e importante para a economia de João Alfredo. O básico, nem se discute, tem que se mantido mesmo. Eu, pessoalmente, gosto quando dizem que sou uma prefeita que cumpre obrigação", destaca.

No próximo ano, ainda com os municípios enfrentando os efeitos da crise, sem recursos e com a população com muitas demandas, ela acredita que é fundamental só gastar o que a receita permitir. "Manter as finanças do Município, pagar folha, fornecedores, tudo isso é um exercício diário, por quatro anos. Já fui secretária de Finanças e vou estar prefeita pela terceira vez, sei que é difícil manter o pulso firme, mas a receita é simples, se a receita é um milhão, então só gaste um milhão", ensina.
   
Além da prefeita Maria Sebastiana, participa o prefeito de Orobó, Cléber Chaparral (PSD), que também foi reeleito.