sábado, 5 de novembro de 2016

Pai é preso por estuprar as filhas de 8,10 e 11 anos e uma enteada de 12, em Feira de Santana

De acordo com a Polícia, as meninas  relataram com clareza os abusos que elas sofriam pelo pai

Um homem foi preso, no bairro Tomba, em Feira de Santana (BA), acusado de estuprar uma enteada de 12 anos, e suas três filhas, de 8, 10 e 11 anos de idade. O acusado foi identificado como Moisés de Jesus da Silva, 33 anos. O acusado nega todas as acusações. De acordo com a Delegacia de Adolescente Infrator (DAI), os policiais cumpriram o mandado de prisão preventiva contra o suspeito por volta das 10 horas da manhã.

Conforme relata a polícia, os estupros aconteciam sempre à noite na casa do suspeito, que fica localizada no bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana. Segundo informações repassadas pela delegada Milena Calmom, titular da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), as denúncias dos abusos sexuais foram feitas pela própria mãe das vítimas. Ainda de acordo com a delegada Milena, foi comprovado que a menina de 12 anos teve o seu hímen rompido durante os abusos e que as outras meninas descrevem com clareza os abusos sofridos pelo pai.

"Quando a mãe ficou sabendo dos abusos sofridos pelas meninas, ela veio direto na delegacia. A mãe tem seis filhas e todas moram com o acusado. As meninas foram levadas para a perícia, incluindo a de 12 anos, que teve o seu desvirginamento confirmado, então, sem nenhuma dúvida ouve uma introdução em seu órgão genital, assim provocando o rompimento do seu hímen. Logo após, as outras meninas foram ouvidas e relataram com clareza os abusos que elas sofriam pelo pai, e que ele tocava em suas partes íntimas todos os dias", relata a delegada.
Segundo a delegada, como a casa onde eles moram tem poucos quartos, as meninas dormiam todas juntas e o acusado dormia todas as noites sempre no meio das vítimas. O acusado prestou seu depoimento na Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI) e, logo após, foi encaminhado para a penitenciária de Feira de Santana (BA). Um inquérito foi aberto e o caso está sendo investigado pela polícia.
 
Fonte: BlastingNews.