segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Prefeito de Caruaru é investigado pelo MPF


O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco, por meio da procuradora Natália Soares, abriu um inquérito para investigar a gestão do prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), por suposta suspensão das atividades do referido Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Caruaru neste ano. 

Segundo o MPF, há denúncias de conselheiros de que a Prefeitura foi responsável pela "falta de equipamentos, de funcionários e de um local para o desempenho das atividades do referido órgão". 

O MPF afirmou que a denúncia é grave, pois "a ausência de constituição e manutenção do Conselho Municipal de Alimentação Escolar pode ensejar recomendação ao FNDE, da suspensão dos repasses dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar-PNAE".

A procuradora enviou um ofício à Prefeitura, cobrando uma resposta em vinte dias, se os problemas persistirem. 

Ao final do inquérito, caso as irregularidades se comprovem, o MPF pode propor ação de improbidade administrativa contra os responsáveis na Justiça Federal.


Fonte: Folha de PE.