quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Dr. Valdi pede investigação de gastos eleitorais de prefeita eleita em Surubim


A investigação dos gastos eleitorais da candidatura vencedora da eleição para a Prefeitura de Surubim neste ano foi solicitada pelo deputado Dr. Valdi (PP), na Reunião Plenária desta terça (8). Segundo o parlamentar, que também concorreu no mesmo pleito para prefeito do município do Agreste Setentrional, haveria indícios de irregularidades nos gastos e uso da máquina pública estadual na campanha de Ana Célia, eleita pelo PSB.
“Apenas em multas eleitorais, a candidata pagou R$ 55 mil. É preciso investigar a origem de tanto dinheiro”, declarou o parlamentar. “Eu posso dizer que os votos que recebi neste ano estão em conformidade com a legislação eleitoral. Já Nilton Mota (PSB) não pode dizer o mesmo da candidata que apoiou”, afirmou Dr. Valdi, referindo-se ao deputado estadual licenciado que atualmente é secretário de Agricultura do Estado. O parlamentar apresentou na tribuna uma gravação, que, segundo ele, comprovaria compra de votos em Surubim.
Dr. Valdi também apresentou fotos de um caminhão que teria sido usado para distribuir caixas de água para eleitores do município. Segundo o parlamentar, o veículo seria parte da frota da Secretaria de Agricultura. “Eleitores de Surubim também receberam fotografias de Ana Célia junto com as contas de água da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa)”, prosseguiu.  
Na semana anterior, Dr. Valdi havia criticado o secratário de Agricultura pela não liberação de recursos para a compra de um trator para o município de Maraial, previstos em emenda parlamentar de sua autoria. Em resposta divulgada pela imprensa, Nilton Mota afirmou que a aquisição do veículo já foi concluída, e todas as emendas parlamentares relativas à Secretaria serão executadas até o fim deste ano. Segundo Mota, “o comportamento de Dr. Valdi é resultado de uma das maiores derrotas políticas da última eleição, na qual ele obteve apenas 2,48% dos votos válidos na disputa pela Prefeitura de Surubim”.
Em aparte, o deputado Rodrigo Novaes (PSD) saiu em defesa do secretário. “Nilton Mota é um homem público sério, honrado, que tem serviços prestados em diversas secretarias do Estado”, declarou. “Se há investigações na Justiça Eleitoral, é preciso que elas possam ocorrer com a devida isenção, para assim alcançarmos a justiça. Faço um apelo para que Dr. Valdi desarme o palanque e compreenda o resultado das urnas”, pediu Novaes.
Já Socorro Pimentel (PSL) considerou que o discurso de Dr. Valdi foi importante para o debate sobre as emendas parlamentares. “Não pode haver distinção entre emendas da base e da oposição ao Governo. Ainda vemos muitos deputados que não tiveram suas emendas liberadas, e não conseguimos avançar nessa questão”, comentou.
Fonte: Alepe Notícias.