sexta-feira, 4 de novembro de 2016

DESFECHO FELIZ : filha do professor Edier Sabino entra em contato com a família. Ela estava na casa de um irmão


O desfecho para a agonia do professor Edier Sabino, que procurava pela filha, sem contato com a família há três dias, não poderia ser melhor : Luana Luiza Sabino, de 18 anos, estava na casa de parentes, em Capina Grande.

A jovem havia deixado Surubim há quinze dias, com uma amiga, em busca de uma oportunidade de emprego no Recife, mas há três dias, não se comunicava com a família. Para aumentar a aflição dos pais, o celular estava desligado. O professor, muito conhecido pela atuação na rede pública e por ser dirigente do P-Sol, fez um apelo nas redes sociais.


Hoje, felizmente, Luana entrou em contato com a família.
" Ela viajou de Recife a Campina Grande, para casa do irmão biológico. Não se comunicou por falta de área de cobertura e também por estar sem créditos, o que não justifica. Inconsequência de jovem. O importante é que graças a Deus está bem . Aproveito para agradecer a todos/as que rezaram, torceram, compartilharam, em fim foram extremamente solidários. Muito obrigado mesmo e que Deus abençoe a todos/as. Quem é pai e mãe com certeza vai compreender a nossa atitude" , afirma o professor.