domingo, 13 de novembro de 2016

"OLHA PRO CÉU..." : A superlua desta segunda-feira é a maior dos últimos 70 anos. Fotos atualizadas.

RECIFE - Foto : Alrilene Barbosa
Nada como um feriado para passar a madrugada de segunda-feira sem se preocupar com a hora de acordar no dia seguinte. E um bom programa está garantido, com a expectativa sobre a aparição da segunda e maior da três superluas deste ano de 2016.
Esse papo de “superlua” é recente, e os astrônomos em geral preferem chamá-la de “Lua cheia próxima ao perigeu”, que acontece toda vez que a fase cheia lunar chega mais ou menos no mesmo momento em que nosso satélite natural está mais próximo da superfície da Terra.
Neste mês, o perigeu acontece no dia 14, às 8h36 da manhã, quando a Lua estará do outro lado do mundo com relação ao Brasil, mas a apenas 356.636 km de distância da superfície terrestre (o afastamento médio costuma ser de cerca de 384 mil km). Algumas horas depois, ela atinge sua fase cheia e então “nasce” para nós por aqui no horizonte leste, de modo que a noite do dia 14 promete uma Lua com um tamanho aparente um pouco maior do que o de costume.
Tem gente até dizendo que é a “superlua do século”, mas há uma dose de exagero aí. De fato, dos 16 anos que tivemos até agora no século 21, essa é a maior superlua. Mas teremos outras do mesmo naipe ao longo das próximas décadas. A próxima virá em 2034. Olhando para trás, a última comparável aconteceu em 1948 — há 68 anos.
A despeito desses números, perigeu é perigeu, e é impossível distinguir um do outro no olho. Veja você, já é difícil perceber a diferença entre uma superlua e uma minilua (a diferença no tamanho aparente é de apenas 15%). Que dirá entre uma superlua e uma super-superlua? De toda forma, Lua cheia é sempre bonita e vale a pena ficar de olho. 
SERTÃO DO SÃO FRANCISCO - Foto: Bio Antero
JOÃO ALFREDO : Foto : Valdo Lima

Fonte: Folha de São Paulo / Fotos : internet