sábado, 24 de setembro de 2016

PM prende quadrilha e evita explosão de banco em João Alfredo


Policiais do 22o Batalhão da PM prederam uma quadrilha acusada de tentar explodir o banco do Brasil de João Alfredo, Agreste Setentrional. Com a informação da possível investida dos bandidos, a PM ficou de prontidão da Encruzilhada de Bom Jardim, e por volta das 2h da madrugada deste sábado (24), abordou um veículo Honda, placa PCZ 4191, com três ocupantes.




O veículo tinha suspeita de ser clonado e os três ocupantes ficaram aparentemente nervosos. Os PMs tomaram conhecimento que eles estariam acompanhados por um outro veículo, um Toyota Corola, placa OYY 7464, suspeito de ser clonado, também interceptado pela polícia, com dois homens.



Foram presos: José Adson de Lima, apontado como chefe do grupo, André Luiz de Moraes Lima, Ademir Braz da Silva, Edvaldo Gomes de Almeida e Elayne Raysssa Gomes de Almeida.



Com o grupo foram apreendidos: os dois veículos, 5 kg de grampo, alicate de pressão de 600 mm, quatro celulares, dois alicates pequenos, uma extensão de 50 m, uma furadeira industrial, três serra-copos bimetal, três lanternas, um alicate de pressão e R$ 1360 em espécie.

Todo material apreendido e os acusados foram levados para Delegacia Especializada a Roubo a Banco, no Recife.