terça-feira, 30 de agosto de 2016

Candidatos do PT e do PSB partilham liderança na disputa pela prefeitura do Recife



 O ex-prefeito João Paulo Lima (PT) e o prefeito Geraldo Julio (PSB) lideram a sucessão para a Prefeitura de Recife e disputariam o segundo turno, aponta o Datafolha.
 
     
 João Paulo tem 32% das intenções de voto. Lidera numericamente, mas em situação de empate técnico com Geraldo Julio, que tem 28%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
 


 
Daniel Coelho (PSDB) aparece em terceiro com 10%, seguido de Priscila Krause (DEM) com 6%.

Edilson Silva (PSOL) marca 3%, enquanto Carlos Augusto (PV) tem 1%. Simone Fontana (PSTU) e Pantaleão (PCO) não pontuaram. Ao todo, 13% dos eleitores disseram que vão votar branco ou nulo e 7% afirmam que estão indecisos.

 Na pesquisa espontânea, na qual os nomes dos candidatos não são citados, João Paulo aparece com 13% contra 12% de Geraldo Júlio.
 
Apadrinhado de Eduardo Campos, morto em 2014, Julio disputa a reeleição sustentado por coligação de 20 partidos e apoio do governador Paulo Câmara (PSB).
 
João Paulo –prefeito entre 2001 e 2008– é uma das principais esperanças do PT nas capitais no momento em que a sigla enfrenta o processo de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff.
 
AVALIAÇÃO DO PREFEITO - O Datafolha também mediu a popularidade da gestão do prefeito Geraldo Julio. A administração do prefeito é aprovada por 30% do eleitorado. Outros 45% consideram que a gestão é regular. Já 22% dos eleitores dizem reprovar a gestão. Entre os entrevistados, 3% não quiseram opinar.
O levantamento foi feito entre os dias 23 e 24 de agosto e ouviu 815 eleitores do Recife.
 
Fonte: UOL