quinta-feira, 23 de junho de 2016

Aos 99 anos, idoso renova CNH e surpreende agentes do Poupatempo


Um idoso de 99 anos chamou a atenção dos funcionários do Poupatempo de Penápolis (SP) depois de ir até a unidade para renovar a carteira de habilitação. O atendimento foi realizado na terça-feira (14) e o aposentado Wilson Monteiro saiu de lá com a carteira renovada por mais três anos, até 2019.
Seu Wilson afirma que sempre costuma renovar a carteira de habilitação, mas que não costuma mais dirigir por causa da idade avançada. “Tenho carro, mas tenho poupado em andar de carro, tenho parentes na cidade e eles me levam porque já estou com 99 anos e não convém andar muito de carro. Renovei a carta porque se por acaso não tiver parente ou amigo que possa me levar, tenho carro na garagem e posso pegar caso precise em alguma urgência”, afirma o aposentado.
Wilson nasceu no dia 8 de maio de 1917 e disse que tem a carteira de habilitação há 80 anos. Ele afirma que sempre gostou de dirigir, mas sabe que agora a idade pode prejudicar na hora de pegar o volante. Ele foi aprovado nos exames feito para renovar a carteira. "Sempre quando saio e preciso de carro ou algum familiar ou vizinho me ajuda. Estou lúcido ainda, mas sei que como a idade passa, a agilidade no trânsito diminui. Só pego o carro quando é muito necessário e vou devagar", diz.

Para a administradora do Poupatempo em Penápolis, Fabiana Trombeli de Almeida, o fato de uma pessoa com 99 anos ir renovar a carteira de habilitação é curioso, pois não acontece com muita frequência. “Já tivemos várias pessoas nessa idade ou próxima a renovar o RG, mas a carteira de habilitação é a primeira vez desde que inauguramos a unidade, em dezembro de 2014”, diz.
Fabiana afirma que o mais surpreendente neste caso foi a lucidez de Wilson na hora de confirmar os dados para atualizar a carteira de habilitação. “É uma pessoa muito esperta, sabia o endereço, o telefone dele de cabeça, chamou muito a atenção. Ele ainda fez questão de escrever na ficha de manifestação o agradecimento pelo atendimento”, diz Fabiana.
Fonte: G-1 Ribeirão Preto e Araçatuba/SP.